Home » Conheça a mastectomia, cirurgia realizada pela atriz Miranda McKeon
Masectomia

Conheça a mastectomia, cirurgia realizada pela atriz Miranda McKeon

Nesta semana, a atriz Miranda Mckeon, de apenas 19 anos, foi notícia ao revelar que passou por uma cirurgia de mastectomia dupla, após o diagnóstico de câncer de mama. O procedimento consiste em remover uma ou ambas as mamas.

Durante o tratamento do câncer de mama podem ser realizadas dois tipos de cirurgias para a retirada do tumor: lumpectomia ou mastectomia. No primeiro caso, o objetivo é preservar a maior parte do tecido mamário; já a segunda, visa retirar completamente esse tecido. Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), em 2017, a mastectomia foi realizada em 70% dos casos de cânceres diagnosticados.

Geralmente, a cirurgia é recomendada quando:

• O indivíduo apresenta elevado risco de desenvolver câncer de mama (mastectomia preventiva);

• É necessária a complementação do tratamento radioterápico ou quimioterápico contra o câncer de mama;

• A pessoa já teve câncer de mama em um dos seios, e realiza a cirurgia para prevenir que a doença acometa a outra mama;

• Redesignação sexual.

Principais tipos de mastectomia

Em casos de câncer de mama, dependendo da gravidade da doença e comprometimento dos tecidos, há formas específicas para a realização da cirurgia, além de outras razões para a operação:

1. Mastectomia principal ou simples: É uma cirurgia para remoção de um nódulo ou tumor. Nesse caso, o cirurgião remove toda a mama, incluindo mamilo, aréola e pele, optando por remover, também, alguns linfonodos na axila.

2. Mastectomia poupadora de pele: A pele é preservada, enquanto o mamilo, auréola e tecidos adiposo e conjuntivo são removidos da mama. Este tipo de procedimento não é recomendado para pessoas que possuem tumores grandes ou próximos a superfície da pele.

3. Mastectomia poupadora de mamilo: Semelhante a mastectomia poupadora de pele, essa cirurgia remove o tecido mamário preservando a pele e mamilo. O procedimento é uma opção para quem possui um tumor pequeno em estado inicial, sem sinais da doença na pele ou mamilo.

4. Mastectomia radical: Essa cirurgia consiste na remoção de toda mama, dos músculos que estão abaixo dela e dos linfonodos localizados na axila. Normalmente, esse procedimento é feito em tumores grandes com risco de metástase.

5. Mastectomia preventiva: Consiste na retirada de uma ou ambas as mamas quando há alto risco de desenvolvimento do câncer de mama, ou quando o tumor já foi diagnosticado. Além disso, gânglios próximos e, por vezes, músculos ao redor da mama também podem ser retirados.

6. Outros tipos: A retirada por completo da mama também pode ser realizada para a redesignação sexual. Outra situação a ser considerada refere-se a casos de câncer de mama em homens.

Para mais informações e dicas sobre saúde e bem-estar, continue acompanhando o Blog Vida Saudável e as redes sociais da Pró-Saúde!

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde