Você sabe como evitar o contágio da Covid-19 durante as festas de fim de ano?

Covid-19

Durante a pandemia do Coronavírus, em 2020, os tradicionais festejos de fim de ano, com a presença de família e amigos, foram limitados a comemorações isoladas, onde a maioria dos encontros ocorreram por meio de vídeo chamadas.

Segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, atualmente 66,39% da população brasileira está completamente imunizada. Aliada a retomada de atividades comerciais e sociais, a tendência é que muitas famílias aproveitem o momento para o tão esperado reencontro.

No entanto, mesmo com a evolução da vacinação, o surgimento da variante Ômicron, e o avanço da gripe Influenza (H3N2), trouxe dúvidas sobre como comemorar o Natal e o Réveillon de 2021 de forma segura.

Apesar da alta imunização e consequente queda da quantidade de óbitos, especialistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ressaltam que é necessário buscar diminuir os riscos de contágio durante as festas, uma vez que a pandemia permanece, mesmo que menos nociva.

Pensando nessa necessidade, confira algumas dicas do órgão para manter os cuidados durante as festas:

• Limitar a quantidade de pessoas de acordo com o espaço, evitando aglomerações;
• Buscar ambientes ventilados, evitando o uso de ar-condicionado;
• Priorizar o uso de papel descartável para secar as mãos, evitando o uso de toalhas de pano;
• Utilizar álcool em gel;
• Manter crianças, idosos e pessoas imunossuprimidas (sistema imunológico fraco) em ambientes arejados;
• Manter o uso de máscara;
• Manter o distanciamento físico de 1,5 metros.

Para mais informações, veja a Cartilha lançada pela Fiocruz, com orientações para a prevenção à contaminação durante as festas de fim de ano.

Para mais dicas e informações, acompanhe o Blog Vida Saudável e sigas as redes sociais da Pró-Saúde! Boas festas!

Ampliar fonte
Contraste