Especialistas reforçam a importância da campanha Janeiro Branco para a saúde mental

Saúde Mental

O foco da campanha neste ano é a saúde mental durante período de pandemia da Covid-19

O primeiro mês do ano é marcado pela campanha Janeiro Branco, que destaca a importância do cuidado com a saúde mental. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é considerado o quinto país mais depressivo, além de ser o mais ansioso do mundo.

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as diversas mudanças na rotina da população acenderam um alerta para outras doenças relacionadas com a saúde mental. Dados da OMS estimam que a ansiedade atinge 18,6 milhões de pessoas no país.

Para Milena Falcão e Glauciene Rodrigues Amorim, psicólogas da Pró-Saúde, a pandemia foi um fator preponderante para a saúde mental. “Estresse, isolamento social, medo do contágio. Teremos reflexos na saúde mental devido a esses fatores”, explicam.

Com atuação no Hospital Yutaka Takeda, Milena comenta a necessidade de buscar ajuda profissional. “É importante ficar atento aos sinais que afetam e impactam o cotidiano, como sensações de angústia, sentimentos de não pertencimento, dificuldades para se relacionar e desinteresse pelas atividades de rotina”, explica.

Já Glauciene Amorim, que atua no Hospital 5 de Outubro, diz ser imprescindível a conscientização, pois o cuidado com a saúde mental ainda é alvo de preconceitos. “Cuidar da saúde mental é sinônimo de qualidade de vida, além de exercer o autoconhecimento. É evitar doenças e criar estratégias de como lidar com as diversas situações da vida”, diz.

Os hospitais Yutaka Takeda e 5 de Outubro, localizados, respectivamente, em Parauapebas e Canaã dos Carajás, ambos no Pará, são gerenciados pela Pró-Saúde, entidade com mais de 50 anos na área de gestão hospitalar.

 

A importância da conscientização

A pandemia apresentou diversos fatores propícios para o sofrimento psicológico, entre eles o distanciamento social, o medo do contágio e da morte, além da incerteza da empregabilidade. Sem esquecer o luto vivido por quem perdeu um ente querido para a Covid-19.

Durante a pandemia, a campanha do Janeiro Branco tem importância ainda maior no processo de conscientização sobre as doenças psicológicas. “O bem-estar emocional é um dos fatores mais importantes para um estado de equilíbrio e felicidade”, reforça Milena.

A campanha é direcionada para a população de um modo geral. “Quanto mais pessoas tiverem conhecimento, maior será o debate e desconstrução de ideias erradas sobre terapia e cuidados com a saúde mental”, finalizou Glauciene.

 

Hospital Yutaka Takeda

Construído pela Vale em 1986, o Hospital Yutaka Takeda é gerenciado pela Pró-Saúde desde 1997. No período de gestão da entidade, o hospital conquistou reconhecimento nacional com a certificação Acreditado com Excelência, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

A certificação atesta a qualidade assistencial, de gestão e que o hospital atinge padrões internacionais no cuidado e segurança no atendimento dedicado aos pacientes.

O hospital também foi a primeira unidade de saúde no país certificada pelo Programa Nacional da Qualidade (PNQ), do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), que reconhece a qualidade da assistencial da equipe de profissionais da instituição.

 

Hospital 5 de Outubro

O Hospital 5 de Outubro foi fundado pela empresa Vale e projetado para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D. A unidade hospitalar é gerenciada desde 2006 pela Pró-Saúde.

A unidade possui estrutura de pequeno porte, com capacidade para atender casos de até média complexidade e congrega ambulatório para consultas eletivas, Pronto Atendimento 24 horas, instalações de internação com enfermarias e apartamentos individuais e suporte diagnóstico em diversas especialidades.

Em fevereiro de 2019, a unidade também foi certificada pelo Programa Nacional da Qualidade (PNQ), concedido pelo Cofen.