Hospital 5 de Outubro adere ao Projeto Salve Uma Mulher

Palestra - HCO

O projeto tem como objetivo promover ações, palestras e alertar a sociedade sobre os perigos da violência contra a mulher

O Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, celebra a adesão ao Projeto Salve Uma Mulher, em uma palestra para os colabores da unidade.

A iniciativa é realizada por meio de ações de sensibilização, campanhas e capacitação de voluntários, por meio de agentes públicos e privados, que serão multiplicadores do projeto.

Para Marcos Silveira, diretor Hospitalar do HCO, o assunto requer atenção redobrada, principalmente para que chegue aos lugares mais remotos de Canaã dos Carajás. “Agradeço nossos parceiros que estão trabalhando conosco para que esse projeto seja positivo aqui no município”, frisou.

A primeira palestra do projeto contou com a participação do juiz de direito da 1ª Vara Cível de Canaã dos Carajás, Danilo Fernandes, um dos maiores ativistas do assunto na região. “O melhor caminho no combate à violência contra mulher é o diálogo e a educação. Quero encorajar as mulheres para que busquem apoio e seus direitos”, disse.

Na oportunidade, Fernandes chamou a atenção para as especificidades das mulheres brasileiras, em especial da região. “Enquanto eu estiver aqui, vou contando com o apoio do Hospital 5 de Outubro, da Agência Canaã e do CREAS para cuidar, tratar e prevenir”, disse.

Frente às ações do Salve Uma Mulher no HCO, a assistente social Edlaine Lopes destacou que a unidade gerenciada pela Pró-Saúde tem cerca de 70% das vagas ocupadas por mulheres. “Só vamos conseguir avançar no enfrentamento à essa violência com o envolvimento de toda a sociedade”, explicou.

De acordo com Marlo Santos, enfermeiro do Núcleo de Educação Assistencial, é preciso apostar na educação e informação para os melhores resultados do combate à violência contra a mulher. “Temos que defender e respeitar a mulher e todos os seus direitos, e é através da prevenção, denúncias e diálogo que vamos mudar esse cenário”, ressaltou.

A palestra também contou com a participação de Graça Reis, diretora executiva da Agência Canaã. A instituição é parceira do Hospital 5 de Outubro nas ações realizadas para a população do município. Participaram ainda os profissionais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), de Canaã dos Carajás.

Salve uma Mulher

O Projeto Salve uma Mulher foi lançado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM). A iniciativa visa mobilizar a sociedade e oferecer informação em prol do enfrentamento à violência contra as mulheres.

O Salve Uma Mulher contempla a realização de ações de sensibilização, campanhas e capacitação de voluntários, por meio de agentes públicos e privados, que serão multiplicadores da informação para a capacitação e formação de voluntários.

Violência física, psicológica, moral, patrimonial e sexual são os tipos de violência doméstica e familiar contra a mulher, previstos na Lei Maria da Penha.