Campanha do Hospital Oncológico Infantil supera meta de doações de sangue

Doação de Sangue

Com apoio de voluntários, evento realizado na última sexta-feira (19), arrecadou 93 bolsas de doação de sangue, e ainda poderá identificar possíveis doadores de medula

Noventa e três bolsas de doação de sangue foi o saldo obtido pela Campanha de Doação de Sangue e Cadastro de Medula Óssea do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, realizada na última sexta-feira,19.

O evento teve a parceria do Fundação de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), além do apoio de vários voluntários, que se mobilizaram para superar a meta inicial, de 80 bolsas.

A iniciativa garantiu o abastecimento do estoque de sangue para o Hospital Oncológico Infantil e ainda deverá identificar possíveis doadores de medula.

Desde 2016, o hospital já desenvolve a campanha com o tema ‘Quando você doa sangue, a brincadeira continua’. Este ano a iniciativa contou com a presença da Unidade Móvel do Hemopa, que esteve em frente ao Hospital Oncológico Infantil para receber os doadores durante o dia inteiro.

“Agradecemos a todos os voluntários que participaram da campanha, pois sem eles jamais seria possível superarmos a nossa meta, que foi de 80 bolsas”, disse a enfermeira da Pró-Saúde, Isis de Souza, que integra a equipe da Agência Transfusional do Oncológico Infantil, satisfeita com o resultado obtido.

“É muito importante as pessoas exercerem o ato de solidariedade, pois uma bolsa pode salvar até quatro vidas”, acrescentou a médica hematologista Iê Bentes, responsável técnico pela Agência Transfusional, destacando o apoio nas doações para pacientes oncopediátricos, que necessitam de transfusões com regularidade.

Quem participou pela primeira vez foi o professor universitário Fábio Araújo e sua namorada Suzane Dias, ambos moradores do bairro Reduto, em Belém. O casal foi convidado por um amigo que trabalha no hospital Oncológico Infantil a colaborar com a campanha.

“É muito importante ser solidário com as pessoas, principalmente com aquelas que mais precisam, aqui neste caso são as crianças. Não nos custa nada ajudar o próximo”, disse.

O Hospital Oncológico Infantil pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde. Todos os anos a unidade, que é a principal referência em oncologia pediátrica no Norte do país, realiza campanhas de doações de sangue por meio de sua Agência Transfusional.
Em dezembro, está prevista para ser realizada uma caravana solidária de doação de sangue, em parceria com outras instituições.

Ampliar fonte
Contraste