‘Alimentação saudável em festas de final ano’ é tema de roda de conversa no Hospital Oncológico Infantil

O projeto ‘Canto Saudável’ estimula a cultura de bons hábitos alimentares, visando a promoção da saúde entre os profissionais da unidade

O período do final de ano geralmente é marcado por confraternizações entre colegas de trabalho, amigos e familiares. O que não falta nessas celebrações são as variedades de comidas e bebidas.

Pensando no bem-estar e equilíbrio da saúde, a área de Medicina do Trabalho, com o apoio do Setor de Nutrição e Dietética (SND) do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, realizará, na próxima segunda-feira (20), uma roda de conversa sobre cuidados com a alimentação nas festas de Natal e Ano Novo.

Trata-se de uma ação realizada pelo Projeto Canto Saudável, que faz parte do Programa de Qualidade de Vida da Pró-Saúde, gestora da unidade, que é desenvolvido desde 2017, tendo como objetivo contribuir com a qualidade de vida e disseminação da cultura de hábitos saudáveis entre os profissionais do hospital.

Nina Martins, nutricionista do SND do Oncológico Infantil, atuará como facilitadora na roda de conversa, que abordará questões como os exageros alimentares nas festas de fim de ano, alimentação variada e sem culpa, além de oferecer dicas práticas para manter um comportamento alimentar saudável.

A nutricionista do SND faz um alerta quanto a prática inadequada em períodos festivos.

“Temos observado que muita gente fica sem comer durante o dia inteiro para aproveitar ao máximo as ceias comemorativas à noite. É importante evitar comportamentos restritivos, pois podem estimular episódios de compulsão e descontrole. O indicado é se alimentar de forma natural, priorizando alimentos menos gordurosos, incluindo saladas, carnes magras e cereais, por exemplo”, pontua.

Durante a roda de conversa a nutricionista apresentará dicas de preparos de refeições mais saudáveis. “Precisamos evitar gorduras e enlatados. É importante termos cuidado com os alimentos à base de ovo cru ou semelhantes, pois estes são os que mais causam intoxicação alimentar”, alerta Nina Martins.

O médico da Pró-Saúde, Márcio Maués, responsável pelo setor de Medicina do Trabalho do hospital, alerta quanto ao cuidado com a alimentação no período das comemorações.

“Os encontros festivos são regados a variedades de alimentos, o que muitas vezes chama a atenção das pessoas, que deixam de lado a dieta e as refeições saudáveis. A maior preocupação é o desencadeamento de problemas de saúde posteriormente às festividades de final de ano”, pontua Maués.

O Oncológico Infantil é a principal referência no tratamento e diagnóstico do câncer infantojuvenil na faixa etária de 0 a 19 anos, na Região Norte do Brasil, atendendo a pacientes de forma 100% gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Com esse tipo de atividade buscamos estimular a cultura de hábitos saudáveis e incentivar a promoção da saúde entre as diferentes equipes de profissionais”, afirma a enfermeira Anne Teixeira, que integra a equipe da área de Medicina do Trabalho do Oncológico Infantil.

Inaugurado em outubro de 2015, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo é uma instituição pública que pertence ao Governo do Estado do Pará, gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Ampliar fonte
Contraste