Você sabe qual a importância da doação de leite materno em tempos de pandemia?

Nos últimos meses, marcados pela pandemia do novo coronavírus, as doações de leite materno caíram em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, o número de doadoras diminuiu em 5% nos meses de janeiro a abril, comparados ao mesmo período em 2019, refletindo em uma queda geral nas doações.

A Rede de Bancos de Leite Humano do estado de São Paulo, a maior do país, chegou a registrar um declínio de 60% em seu estoque no mês de maio.

Em momentos como este, é essencial reforçar a importância de doar. O leite materno doado é destinado para unidades neonatais em todo o país, como o Hospital Materno-Infantil de Barcarena, gerenciado pela Pró-Saúde no Pará. Após a coleta, o produto é fornecido principalmente aos bebês prematuros, de baixo peso ou portadores de patologias.

Toda mulher que amamenta pode doar, basta estar saudável e não tomar medicamentos que interfiram na amamentação.

Semana Mundial de Aleitamento Materno

Desde 1992, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), organizam a Semana Mundial de Aleitamento Materno, entre os dias 1 e 7 de agosto. O objetivo é incentivar a amamentação e seus diversos benefícios.

O tema em 2020 é “Apoie a amamentação para um planeta mais saudável”. Seu intuito é conscientizar as pessoas sobre a importância do leite materno para o meio-ambiente, por se tratar de um alimento natural e renovável.
O leite materno contém todos os nutrientes que o bebê de até seis meses de idade necessita. Para saber como doar, clique aqui.

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts