Setembro Amarelo: Mês destaca a importância de cuidar da saúde mental

setembro amarelo

No Brasil, campanha existe desde 2015 e foca na prevenção ao suicídio

A cada ano, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, sendo essa a segunda causa de morte entre pessoas de 15 e 29 anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em atenção à esta questão, foi criada no Brasil a campanha Setembro Amarelo, que têm como objetivo prevenir, orientar e reduzir o número de suicídios.

Trata-se de uma iniciativa criada em 2015, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Apesar de ser um problema de saúde pública, o suicídio ainda é tratado como tabu pela sociedade. Muitos ainda fogem do assunto, seja por medo ou falta de conhecimento, e não conseguem identificar os sinais de tendências suicidas.

O Setembro Amarelo atua para que a informação sobre o tema seja disseminada e discutida de forma clara e aberta. Segundo a OMS, 9 em cada 10 casos de suicídio poderiam ser evitados, com a busca de ajuda e apoio.

Doenças relacionadas a área mental e emocional, como a depressão, podem evoluir rapidamente para um quadro suicida. Por isso, é preciso prestar atenção em alguns sinais:

> Mudanças repentina de humor;
> Tristeza;
> Ganho ou perda de peso;
> Insônia;
> Sono em excesso;
> Perda de energia ou fadiga acentuada.

O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, durante todo o ano, atendendo de forma voluntária e gratuita todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail, chat e voz 24 horas por dia.

Caso precise de ajuda ligue: 141 ou entre no site: https://www.cvv.org.br

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts