Entenda como funciona a fertilização in vitro

gabriela-pugliesi

Junto ao congelamento de óvulos, o procedimento laboratorial é alternativa para mulheres que não conseguem engravidar

Nesta semana, a influenciadora Gabriela Pugliesi revelou em suas redes sociais que está tentando engravidar. Sem sucesso, há mais de um ano ela tenta com uma alternativa — congelar os óvulos e realizar uma fertilização in vitro. Este procedimento consiste na produção de embriões em laboratório, para transferi-los ao útero posteriormente.

Por motivos pessoais, Pugliesi optou por interromper o tratamento antes de transferir os embriões, o que não causa uma complicação específica. Isso ocorreu na última etapa da fertilização in vitro, que dura cerca de 25 dias. O tratamento não se restringe a quem já fez o congelamento e se divide em três etapas:

1- Coleta:

O homem coleta seu próprio sêmen no laboratório ou por biópsia caso não seja possível. Já as mulheres utilizam medicamentos para estimular a ovulação e produzir mais óvulos. E sob anestesia geral, eles são removidos por meio de ultrassom.

2- Cultura:

No laboratório, é feita uma seleção dos espermatozoides e depois eles são colocados junto com um óvulo. Nesse processo ocorre uma fecundação igual à natural.

3- Colocação no útero:

Agora o embrião já está pronto e é levado ao corpo feminino por meio de um tubo fino, o que pode gerar um leve desconforto. Ele é colocado a 1 centímetro do fundo do útero. São necessários 12 a 14 dias para verificar se funcionou.

Não é uma certeza de que a fertilização in vitro irá funcionar, mas quanto mais cedo for feita, maiores são as chances. A própria influenciadora, de 35 anos, tentou diversas vezes. Até essa idade as chances de sucesso são de 60%, entre 35 e 38 caem para 40%. Depois, abaixam para 30% até os 40 anos e posteriormente passam para 8%.

O procedimento é indicado para mulheres com problemas nas trompas do útero, endometriose. E é contraindicado para pessoas com carcinoma (tipo de câncer) no ovário, útero e na mama. Assim como em alguns tumores no cérebro.

No Sistema Único de Saúde (SUS), é possível realizar a fertilização in vitro gratuitamente nos seguintes estados: São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Distrito Federal.

Sobre o congelamento de óvulos

O procedimento é realizado em uma cirurgia de retirada dos folículos dos ovários, onde eles ficam. A proposta é guardar um óvulo saudável para quando a mulher quiser engravidar.

A cirurgia é indicada para quem tem menos de 35 anos e pretende engravidar posteriormente ou deve retirar os ovários por causa de alguma doença. O óvulo pode permanecer congelado durante dez anos.

Foto: Divulgação

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts

Ampliar fonte
Contraste