7 dicas para ajudar os idosos durante o isolamento social

idosos

No Dia Internacional do Idoso, veja como cuidar da saúde do público 60+ e lidar com o sentimento de solidão causado pela pandemia

Com a necessidade de isolamento social em razão da pandemia do novo coronavírus, muitos idosos estão se sentindo mais sozinhos. Por integrarem o grupo de risco da doença, eles devem redobrar o cuidado e evitar ao máximo sair de casa ou receber visitas, mesmo com a flexibilização da quarentena em algumas regiões.

Até mesmo tarefas que fazem parte da rotina, como ir ao banco ou ao supermercado, tiveram que ser suspensas para este grupo. Com a queda das visitas de familiares e o medo da contaminação, 15,4% das pessoas com 60 anos ou mais se queixaram de estar mais sozinhos, de acordo com pesquisa feita pela USP (Universidade de São Paulo), em parceria com outras instituições de saúde paulistanas.

Apesar da queda deste indicador para 5,3% em junho, os índices de ansiedade e depressão neste público também são preocupantes (14,9% e 9% respectivamente, no mesmo mês).

Neste cenário, parentes e amigos podem ajudar com a adoção de pequenas atitudes no dia a dia, que impactam positivamente a saúde mental dos idosos nesta situação.

Na semana em que é celebrado o Dia Internacional do Idoso (1/10), a psicóloga Paula Costa, do Hospital Regional Público da Transamazônica, gerenciado pela Pró-Saúde em Altamira (PA), apresenta sete dicas valiosas:

> Hábitos saudáveis: uma boa alimentação e a prática regular de exercícios físicos são fundamentais para que o idoso se sinta ativo e disposto, além de combater o sedentarismo e ajudar a manter a saúde em dia.
> Cuidados com as medicações: ajudar a manter os remédios nos horários corretos e nas doses certas é essencial para que as doenças não se agravem.
> Tecnologia: tentar ajudá-los a usar o celular ou aplicativos de mensagens, além de inseri-los em chamadas de vídeo ajuda a manter contato com pessoas que não podem estar presentes fisicamente, reduzindo a sensação de isolamento e solidão.
> Filmes por vídeochamada: assistir junto programas de TV, séries e filmes que sejam do gosto do idoso, mesmo que à distância, é importante para passar o tempo e fazê-lo se sentir acompanhado.
> Revezamento dos familiares: é imprescindível que o idoso continue recebendo visitas para que ele não se sinta isolado. Mas atenção, nestes contatos devem ser mantidos os cuidados necessários, como o uso da máscara e o distanciamento.
> Jogos: incentivar a prática de jogos de tabuleiro como damas e dominó, ou ainda palavras cruzadas, entre outros, são importantes para ocupar o dia do idoso e mantê-lo ativo.
> Vitamina D: tomar sol antes das 10 horas da manhã e depois das 16h evita a osteoporose e ajuda no bem-estar.

Essas e outras dicas estão presentes no Minuto da Saúde, conteúdo em vídeo produzido pela Pró-Saúde e divulgado nas redes sociais da instituição toda quarta-feira. Confira:

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts