Pílula 64 – Uso seguro de contas e senhas

De acordo com o Código de Ética e de Conduta da Pró-Saúde, é vedado o comprometimento da confidencialidade das informações documentadas, bem como o uso impróprio e a perda de integridade.

Por essa razão, as informações produzidas pelos colaboradores da entidade e aquelas relativas a pacientes, sejam elas fornecidas diretamente pelo interessado, sejam elas obtidas por outros meios, são de caráter sigiloso, sendo vedada a sua utilização para fins diversos aos quais se destinam.

 

Cuidados a serem tomados ao usar suas contas e senhas

• Certifique-se de não estar sendo observado ao digitar as suas senhas;
• Não forneça as suas senhas para outra pessoa, em hipótese alguma;
• Certifique-se de fechar a sua sessão ao acessar sites que requeiram o uso de senhas. Use a opção de sair (logout), pois isto evita que suas informações sejam mantidas no navegador;
• Elabore boas senhas;
• Altere as suas senhas sempre que julgar necessário;
• Ao usar perguntas de segurança para facilitar a recuperação de senhas, evite escolher questões cujas respostas possam ser facilmente adivinhadas.

Elaboração de senhas

Uma senha boa, forte e bem elaborada é aquela difícil de ser descoberta e fácil de ser lembrada. Não convém que você crie uma senha forte se, quando for usá-la, não conseguir recordá-la. Também não convém que você crie uma senha fácil de ser lembrada, se ela puder ser facilmente descoberta por outras pessoas.

Evite:

Usar qualquer tipo de dado pessoal: nomes, sobrenomes, contas de usuário, placas de carros, números de documentos e telefones, estes dados podem ser facilmente obtidos e usados por pessoas que queiram tentar se autenticar como você);

Sequências de teclado: não use senhas associadas à proximidade entre os caracteres no teclado, como “1qaz2wsx” e “QwerTAsdfG”, pois são bastante conhecidas e podem ser facilmente observadas ao serem digitadas;

Palavras que façam parte de listas: evite palavras presentes em listas publicamente conhecidas, como nomes de músicas, times de futebol, personagens de filmes, dicionários de diferentes idiomas, etc.

Prefira:

Números aleatórios: quanto mais ao acaso os números usados, melhor, principalmente em sistemas que aceitem exclusivamente caracteres numéricos;

Grande quantidade de caracteres: quanto mais longa for a senha, mais difícil será descobri-la. Apesar de senhas longas parecerem, a princípio, difíceis de serem digitadas, com o uso frequente elas acabam sendo memorizadas;

Diferentes tipos de caracteres: quanto mais “bagunçada” for a senha, mais difícil será descobri-la. Procure misturar caracteres, como números, sinais de pontuação e letras maiúsculas e minúsculas. O uso de sinais de pontuação pode dificultar bastante que a senha seja descoberta, sem necessariamente torná-la difícil de ser lembrada;

Na Pró-Saúde, todos os colaboradores possuem um login e senha para validação da identidade criada e acesso aos sistemas pertinentes às suas atividades

As responsabilidades do colaborador incluem, principalmente, sigilo da senha e o monitoramento de suas ações, evitando sua utilização indevida. As senhas são individuais, sigilosas e intransferíveis, não podendo ser divulgadas em nenhuma hipótese.