Pílula 49 – Transparência nos processos de contratação de colaboradores

A Pró-Saúde assegura a igualdade de direitos e de oportunidades, valoriza a diversidade e preza pelo respeito, bem estar e dignidade de seus colaboradores.

Por isso, os processos seletivos são regidos por requisitos pré-determinados, divulgados em nosso site institucional.

Todos os colaboradores devem agir de modo a prevenir e remediar situações que possam causar ou sugerir conflitos de interesses.

Código de Ética e de Conduta veda contratações privilegiadas, visto que são contrárias aos valores e princípios da entidade.

Mas, não é vedada a contratação de familiares de colaboradores, desde que observados os seguintes requisitos:

  • seja realizada mediante o devido processo de contratação, observando-se as diretrizes da Diretoria de Administração de Pessoal
  • não haja subordinação hierárquica direta e/ou as tarefas de um não componham informações ou processos que influenciem o poder decisório de outro.

Tem alguma dúvida sobre esse tema? Fale com a gente pelo Canal de Consulta Ética!

Soube de alguma contratação que aparentemente não respeitou essas diretrizes? Faça uma registro pelo Canal de Denúncia!

As denúncias podem ser feitas anonimamente e é assegurado o sigilo nas investigações.