Home » Pílula 106 – Comportamento antiético: saiba como identificar e o que fazer

Pílula 106 – Comportamento antiético: saiba como identificar e o que fazer

De acordo com o Código de Ética e de Conduta da Pró-Saúde, o relacionamento com os colaboradores será regido pelos princípios da ética, transparência e responsabilidade socioambiental, na função social, na probidade e na eficiência.

Levar um objeto da entidade para casa, tirar vantagem de um colega e divulgar informações falsas são apenas alguns exemplos do que podemos chamar de comportamento antiético, que estão em desacordo com o nosso código.

O que é a ética e qual a influência dela nas relações interpessoais?

Desde a antiguidade, discute-se a ética e suas implicações na sociedade. Os filósofos gregos como Aristóteles e Platão, já se debruçaram sobre esse tema. Por sinal, a palavra ética vem do grego éthos, que significa um caráter individual regulado por valores sociais.

A ética foi o foco de vários pensadores ao longo da história, resultando em muitos ensinamentos sobre como ser ético. Assim, de modo geral, podemos defini-la como um conjunto de valores, regras e princípios que norteiam a conduta humana.

Normalmente, a ética é tratada a partir do indivíduo em relação a si mesmo, uma vez que as ações dele devem ser julgadas por um código pessoal. Ou seja, cada pessoa costuma impor regras para a sua conduta, de acordo com aquilo que acredita ser correto, o que nem sempre será igual ao julgamento feito por outra pessoa.

No ambiente de trabalho, é comum que as organizações adotem códigos de ética e de conduta exatamente para deixar claro quais são suas expectativas quanto aos comportamentos dos seus colaboradores, fornecedores e público relacionado.

Como identificar um comportamento antiético no ambiente de trabalho?

É preciso observar de perto qualquer comportamento antiético que possa colocar em risco a convivência e o bom funcionamento da instituição. Mentiras, fofocas, boatos, preconceitos, assédio sexual e moral são apenas algumas manifestações da falta de ética. Veja os exemplos abaixo:

• Difundir informações mentirosas ou difamatórias sobre um colega;
• Ofender alguém a respeito da religião, gênero, cor, etnia, orientação sexual etc.;
• Trocar influência por favores;
• Procrastinar na realização e na entrega das tarefas;
• Furtar dinheiro ou materiais da empresa;
• Adulterar mercadorias, preços e prazos de validade;
• Fazer propaganda enganosa e divulgar resultados falsos;
• Cobrar por serviços desnecessários;
• Jogar lixo em local inapropriado e não contribuir para a manutenção da limpeza do ambiente;
• Chegar atrasado ou pedir alguém para assinar o ponto por você ou assinar pelo outro;
• Fraudar documentos ou de qualquer forma infringir a lei.

Soube de alguma situação antiética que viole o nosso Código de Ética e de Conduta? Faça seu registro via Canal de Denúncia. As apurações são sigilosas e o anonimato é garantido.

Tem alguma dúvida sobre o tema? Faça sua pergunta pelo Canal de Consulta Ética.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde