Simulado de princípio de incêndio marca formatura de novos brigadistas no HEUE

O incidente foi proposital para mensurar a atenção, organização e agilidade dos brigadistas.

 

Um simulado surpresa de princípio de incêndio realizado na manhã desta quarta-feira (7), mobilizou a equipe de brigadistas do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

O cenário foi o auditório do hospital e a ação imediata dos brigadistas era de realizar os primeiros socorros nas vítimas, abandono de local, retirando o público que estava próximo e no local do incidente, além de apagar o princípio de incêndio.

A ação conduzida pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) aconteceu durante a solenidade de posse dos 42 brigadistas, que foram capacitados nos meses de fevereiro, junho e julho deste ano. O HEUE conta com 111 brigadistas, atuantes nas áreas assistencial e administrativa.

“A ideia do simulado surgiu, para mensurar a atenção, organização e agilidade dos brigadistas e, com isso, conseguimos visualizar ações de melhorias”, explicou Carlos Roberto Segatto, técnico em Segurança do Trabalho do HEUE.

Segundo Segatto, para atuar como brigadista, o profissional tem que participar de atividades teóricas e práticas sobre primeiros socorros, o modo seguro e prático de manipular os extintores, as classes de incêndio existentes entre outros.

Na solenidade de posse, a diretora administrativa e financeira do hospital, Adriana Morais, agradeceu a participação dos voluntários e destacou a importância do grupo dentro da unidade hospitalar. “Queremos agradecer pela iniciativa da equipe de ser brigadista. Cada brigadista exerce um papel importante, seja na participação das capacitações, bem como nas ações de melhorias contínuas, a fim de mitigar os riscos, através de controles e prevenções, preservando assim, a vida humana”, pontuou.