Home » Segurança do Paciente é tema de webinário com participação do Hospital Galileu
Hospital Galileu

Segurança do Paciente é tema de webinário com participação do Hospital Galileu

A unidade, que possui a certificação máxima em qualidade, é reconhecida nacionalmente por suas práticas que garantem a segurança do paciente

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), localizado em Belém, participou do webinário “Cultura de Segurança do Paciente”. O evento, que aconteceu de forma remota na última semana, foi organizado pelo Hospital Universitário João de Barros Barreto, referência em doenças infectocontagiosas no Estado do Pará.

A representante do HPEG no evento foi a enfermeira Fernanda Corrêa, que atua no Núcleo de Segurança do Paciente (NQSP). De acordo com a profissional, o debate sobre o tema é fundamental e está diretamente ligado à qualidade do atendimento prestado a pacientes.

Durante o evento, a profissional enfatizou as principais práticas relacionadas à segurança do paciente adotadas pela unidade.

“O debate sobre o assunto é fundamental, por meio da cultura de segurança que fomentamos práticas no dia a dia que fortalecem a qualidade assistencial, tornando seguro todos os processos do atendimento hospitalar”, ressalta a enfermeira.

A enfermeira ainda destaca que “a cultura de segurança é construída por meio do apoio da gestão hospitalar e também das lideranças da unidade, onde todos os setores possam se sentir pertencentes no processo do cuidado centrado no paciente”.

Fernanda comenta também que, no Hospital Galileu, é realizado o desenvolvimento de ações voltadas à redução do risco de algum dano durante o cuidado com a saúde. Em 2020, a unidade manteve a certificação Nível 3 – Acreditado com Excelência, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

Com a conquista novamente da certificação, obtida pela primeira vez em 2019, a unidade se manteve entre os hospitais do Brasil reconhecidos por atingirem padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial dedicados aos pacientes.

Gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde, sob contrato de gestão com a Secretaria de Saúde Pública do Pará (SESPA), o Hospital Galileu é uma unidade de retaguarda e referência em traumas ortopédicos. Desde a sua inauguração, em 2014, o HPEG vem conquistando premiações e certificações importantes no Brasil.

Diariamente, a unidade realiza auditorias entre os setores, o que garante a prática correta de protocolos de qualidade e segurança assistencial. Dentre elas, o correto cumprimento das seis metas internacionais de Segurança do Paciente, criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

São elas: 1) Identificação Correta dos Pacientes; 2) Comunicação Efetiva; 3) melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; 4) Cirurgia Segura; 5) Redução do risco de infecções associadas aos cuidados em saúde e 6) Reduzir o risco de quedas e lesão por pressão.

Projeto de Intervenção

Ainda relacionado ao tema, em 2020, colaboradores do Galileu apresentaram o resultado do projeto de intervenção chamado “A pesquisa de Segurança do Paciente como ferramenta de intervenção da Assistência”. O levantamento foi realizado entre os anos de 2018 e 2019.

A pesquisa avaliou a percepção dos colaboradores da unidade sobre o tema e identificou pontos de melhoria. Com isso, tornou-se uma importante ferramenta de gestão, refletindo diretamente na qualidade e segurança do paciente.

O trabalho consiste na aplicação periódica de um questionário completo sobre tema aos profissionais atuantes em todas as áreas da unidade. “A partir desta pesquisa, podemos planejar ações que auxiliam a direção nas tomadas de decisão e planejamento e nossas políticas institucionais”, ressalta a médica Nonata Trévia, uma das participantes do projeto.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde