Home » Pró-Saúde participa de debate internacional sobre segurança do paciente
FISWEEK

Pró-Saúde participa de debate internacional sobre segurança do paciente

O FISWEEK é o maior festival da saúde da América Latina e reúne acadêmicos e líderes dos setores público e privado

Nesta segunda-feira, 8/11, o diretor corporativo Médico da Pró-Saúde e especialista em Qualidade e Segurança do Paciente, Fernando Paragó, participou do painel “Segurança no Sistema de Saúde”, na FISWEEK, um dos maiores festivais da saúde da América Latina.

Fernando Paragó dividiu o painel com Alfredo Guarisch, consultor de Risco, cirurgião geral e oncológico da Rede D’Or e da Rede Hospital Casa, e Hélio Primo, coordenador da Clínica Médica da Rede Hospital Casa. Os participantes debateram e compartilharam suas experiências profissionais sobre o tema.

No debate, Paragó falou sobre as ações implantadas na Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas do país no ramo da gestão hospitalar, para aprimorar a segurança do paciente nas unidades que gerencia. “Temos uma ferramenta de auditoria, onde realizamos um diagnóstico dos processos implantados e a qualidade da segurança do paciente em cada unidade, que em conjunto com as pesquisas de qualidade e segurança, nos permite perceber quais valores serão necessários desenvolver, quais são positivos e o que podemos ampliar para as demais unidades da rede”, explicou.

O Fórum Inovação e Saúde (FIS) é uma iniciativa criada para conectar e unir as maiores lideranças, empresas e associações da cadeia da saúde, e busca ajudar, de maneira colaborativa, a transformar a saúde do país, gerando discussões sobre os principais pilares do setor.

Fernando Paragó destacou ainda a necessidade de respeitar as culturas locais, item que classifica como de suma importância para a segurança do paciente. “Muitas vezes, temos experiência e achamos que faremos da mesma forma em todos os lugares, porém esse pensamento é um erro”, alertou. “Primeiro, é preciso entender a cultura da instituição que você está assumindo, entender que existem protocolos de segurança na unidade e utilizar as ferramentas para aprimorar o que já existe”, complementou o especialista.

Com 54 anos de atuação, a Pró-Saúde gerencia 28 hospitais localizados em todas as regiões brasileiras — desde municípios situados em grandes centros metropolitanos a cidades remotas. Ao longo da sua história a entidade já conquistou cerca de 40 certificações junto a Organização Nacional de Acreditação (ONA), atestando um padrão de qualidade na segurança do paciente cada vez mais presente nos hospitais gerenciados pela instituição.

Durante o bate-papo, Paragó ressaltou o processo de acreditação em uma unidade de saúde. “A certificação não é fundamental, mas entendemos que é uma ferramenta importante para entendermos no que precisamos melhorar e trabalhar em cima disso, sempre tratando com instituições sérias e críticas”, explicou.

Realizada pelo Fórum Inovação e Saúde (FIS), a semana conta com três eventos que ocorrem simultaneamente: o Fórum Inovação Saúde 2021, o Symetria e o Company Meetings, entre os dias 8 e 12 de novembro. O evento será realizado totalmente no ambiente virtual, reunindo aproximadamente 200 participantes de 15 nacionalidades, em 80 horas de transmissão e com mais de 20 mil inscritos

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde