Novos equipamentos auxiliam na recuperação de Bebês internados no Regional de Marabá

Em março a unidade recebeu novos berços e incubadoras para a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

Há 21 dias, Hallana Resplandes de Sousa, está acompanhando o seu filho Yan Lorenzo, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá.

Yan, que nasceu prematuro e deu entrada no hospital no último dia 9 de abril, vêm lutando bravamente pela vida, com os cuidados da equipe assistencial da unidade e auxílio de novos equipamentos.

No mês de março deste ano, o Regional de Marabá recebeu seis novos berços aquecidos e seis incubadoras, entregues pelo Governo do Pará por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A iniciativa faz parte das ações de modernização do hospital, que é referência para mais de um milhão de habitantes de 22 municípios.

“Quando cheguei, fiquei muito feliz em saber que meu filho já iria utilizar esse novo berço, mais moderno e com mais funções. A tecnologia sempre é bem-vinda, ainda mais quando se trata de saúde”, declarou.

A mãe do pequeno, também fez questão de ressaltar a satisfação em relação ao tratamento humanizado que o filho recebe. “Agora em maio, ele completa um mês de vida, estou muito feliz por estarem cuidando tão bem dele, agradeço muito ao empenho de todos. Em breve, com fé em Deus, iremos para casa”, ressaltou Hallana.

Joana da Conceição Silva é outra mãe que acompanha o filho internado na UTI Neonatal do HRSP. Ela acompanha há 22 dias, o pequeno Izack Ray, que deu entrada na instituição no dia 08 de abril, após nascer prematuro na cidade de Bom Jesus do Tocantins.

“Meu filho precisava de cuidados especiais, por isso estamos aqui no Regional, onde ele é tratado com amor, carinho e profissionalismo. Percebi que os equipamentos são novos e bem cuidados. Traz uma segurança maior saber que meu filho está recebendo o que há de melhor”, contou Joana.

Modernização
De acordo com a enfermeira Fernanda Miranda, responsável pela UTI Neonatal da unidade, os novos equipamentos, mais seguros e modernos, vem ajudando os profissionais do hospital na prestação de uma assistência de qualidade aos bebês.

“As novas incubadoras proporcionam condições semelhantes às existentes no útero materno, contribuindo na recuperação e desenvolvimento dos prematuros. Elas possuem balança para controle de peso, aspirador, ressuscitador infantil, dentre outros itens, importantes para o suporte a vida desses pequenos guerreiros”, explicou a profissional.

Somente em 2021, o Hospital Regional do Sudeste do Pará atendeu 138 bebês em estado grave, que ficaram em média 30 dias internados na instituição, que pertencente ao Governo do Pará e é gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde.

A enfermeira também ressaltou que a unidade recebeu novos berços aquecidos, que possuem itens que facilitam a manutenção da temperatura corporal dos bebês, por meio de um moderno sistema de infravermelho que atua sobre o leito.

Sobre a UTI Neonatal da unidade, que possui nove leitos de internação, Valdemir Giratto, diretor Hospitalar do HRSP, destacou que “a unidade possui uma equipe altamente capacitada, que com auxílio desses novos equipamentos, oferecem um serviço de excelência na assistência prestada aos nossos pacientes”.

Ampliar fonte
Contraste