Novembro Azul: Hospital Regional da Transamazônica encerra programação especial voltada para a conscientização sobre o câncer de próstata

SIPAT

A campanha, dedicada aos cuidados com a saúde do homem e a prevenção de doenças, contou com a realização de exames preventivos e debates sobre o tema

O mês de novembro é dedicado à conscientização sobre o câncer de próstata em todo o mundo. De acordo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte em homens no país. Somente neste ano, devem ser detectados cerca de 66 mil novos casos da doença.

No Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), unidade gerenciada pela Pró-Saúde em Altamira, a campanha Novembro Azul levou, ao longo do mês, informação e atendimento médico aos colaboradores da unidade.

Foram disponibilizados testes do PSA (Antígenos Específicos da Próstata, sigla traduzida para o português) e eletrocardiograma, para os colaboradores do sexo masculino, com 45 anos de idade ou mais.

No total, 20 colaboradores foram mapeados como público-alvo e encaminhados para consulta com o médico urologista da unidade, que avaliará o resultado e dará as orientações necessárias para cada caso.

Além da oferta de exames, os colaboradores participaram de uma roda de conversa com o médico do Trabalho, Dr. Pedro Guilherme, onde puderam tirar dúvidas e entender a respeito dos sintomas, tratamento e as causas do câncer de próstata.

A ação seguiu todas as recomendações do Ministério da Saúde de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com Pedro, o câncer de próstata é a segunda maior causa de morte na população masculina, perdendo apenas para o câncer de pulmão.

“O câncer de próstata é uma doença curável e tratável, quando diagnosticada precocemente. A chance de cura gira em torno de 90%, mas existe tanto preconceito em relação ao exame, que grande parte dos pacientes diagnosticados já não tem essa possibilidade”, alerta o médico.

Novembro Azul Pró-Saúde

A Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas de gestão hospitalar do país, também promoveu a campanha Novembro Azul, com estímulo à prevenção. Neste ano, a entidade buscou enxergar o problema com os olhos dos pacientes e esclareceu as dúvidas de pessoas em todas as regiões do país. Acesse as redes sociais da entidade e confira!