Novembro Azul: Hospital Estadual de Urgência e Emergência promove palestra educativa sobre saúde do homem

Novembro Azul HEUE

O mês de novembro é lembrado em todo o mundo como um alerta sobre a prevenção e o diagnóstico de doenças que atingem os homens, em especial, o câncer de próstata.

Para reforçar a importância dos cuidados com a saúde, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), unidade gerenciada pela Pró-Saúde, em Vitória, promove na próxima terça-feira (24), às 14h, no auditório da instituição, a palestra “Saúde do Homem”.

A ação está inserida no programa Qualidade de Vida do Colaborador, que estimula práticas saudáveis entre os profissionais da unidade. A palestra é voltada para profissionais e acompanhantes de pacientes do hospital. Devido à pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19), o HEUE seguirá todos os protocolos de segurança para a realização da palestra.

Uma das medidas de prevenção, de acordo com a médica do trabalho do HEUE, Mariângela Espindula Pereira, é manter hábitos saudáveis. “Além de buscar métodos de prevenção, como visita ao médico e realização de exames, é importantíssimo buscar uma rotina saudável, por meio de uma alimentação equilibrada, associada à realização de atividades físicas”, explicou a médica.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens e, somente neste ano, foram diagnosticados 68.220 novos casos da doença no Brasil. O órgão alerta ainda que o diagnóstico precoce possibilita melhores resultados no tratamento.

Fique atento aos principais sintomas da doença: dificuldade de urinar; diminuição do jato de urina; necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite; e sangue na urina.

Campanha Novembro Azul da Pró-Saúde

A Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas de gestão hospitalar do País, também está promovendo a campanha Novembro Azul, com estímulo à prevenção. Neste ano, a entidade busca enxergar o problema com os olhos dos pacientes.

A proposta é entender as dúvidas e angústias da população no processo de adesão à prevenção. Por isso, as perguntas do público serão respondidas por médicos que atuam na entidade, de forma didática, orientando com informação, por meio das redes sociais da instituição. Acompanhe!

Ampliar fonte
Contraste