Home » Novembro azul agita colaboradores do HURSO

Novembro azul agita colaboradores do HURSO

Em homenagem e cuidado aos homens do Sudoeste Goiano, o Hospital de Urgências da Região Sudoeste (HURSO), de Santa Helena de Goiás (GO), executou várias ações durante o mês de novembro. Aproveitando os símbolos alusivos, o Hospital distribuiu a partir do dia 1º de novembro mini gravatas azuis a todos os colaboradores.

O supervisor do Centro Cirúrgico e CME, Marcelo Faria, foi o organizador das atividades e afirmou que o maior objetivo da campanha foi quebrar o preconceito sobre o exame necessário aos homens. “Tentamos falar a linguagem que os homens entendam, nós precisamos cuidar da saúde, não importa o que os outros digam”, descreveu ele ao escolher o nome da campanha: “Câncer de Próstata: a gente precisa TOCAR nesse assunto”.

A tarde do dia 17/11, segunda-feira, abriu a semana com o Café Azul, um lanche especial servido no refeitório do HURSO, com lanches coloridos de azuis. Na abertura do mesmo, Marcelo distribuiu folders e agradeceu aos presentes frisando a necessidade dos homens conhecerem bem o assunto.

Nos dias 18 e 19 de novembro, os “Caras Pintadas” realizaram uma ação interna e externa respectivamente. Na terça, todos os homens do hospital pintaram seus rostos na cor azul, mostrando a adesão à prevenção e discussão do assunto. No outro dia, acompanhados do Super Hurso, mascote da unidade, fizeram a “Marcha pelos Homens”, em que foram ao centro da cidade de Santa Helena, distribuindo panfletos e alertando sobre a necessidade de cuidar da saúde masculina. Em apoio à última ação, alguns voluntários da secretaria de Ação e Promoção Social do município ajudaram na distribuição dos materiais.

Encerrando as atividades, o proctologista Daniel Martins D. M. Gomes apresentou palestra no auditório do HURSO, com o tema “Preventivo masculino: o que fazer?”. O especialista chamou a atenção dos presentes para necessidade de realizar dieta equilibrada, atividades físicas diariamente e fazer exames regulares. “Na fase inicial, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas, mas através de exames regulares podemos descobrir o quanto antes, e ter mais sucesso com tratamentos”, alertou Dr. Daniel.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde