Natal Solidário: Hospital Regional da Transamazônica arrecada alimentos e brinquedos

Natal HRPT

Além de alimentos não perecíveis, brinquedos também serão arrecadados até o dia 22 de dezembro para serem doados aos pacientes da hemodiálise

O espírito natalino e solidário comum nesta época do ano invade mais uma vez o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira (PA).

A unidade está arrecadando alimentos não perecíveis e brinquedos para a Campanha Natal Solidário. O objetivo, além de incentivar a solidariedade e a humanização, é beneficiar cerca de 100 famílias de pacientes da hemodiálise.

A campanha, organizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), faz parte do calendário de programação do hospital, com apoio da Pró-Saúde, gestora do HRPT, sendo um dos princípios organizacionais da instituição.

As doações podem ser realizadas até o dia 22 de dezembro na unidade. Além de contemplar os pacientes, a ação também acolhe os familiares e presenteia crianças internadas na Clínica Pediátrica.

“Todos os anos realizamos a campanha para os usuários da hemodiálise. Muitas famílias mudaram-se para Altamira para poder acompanhar o tratamento de um parente, por isso eles precisam e contam com esse auxílio”, explica Paula Costa, psicóloga da unidade.

#Pontos de coleta#

É possível realizar a sua doação em dois pontos de coleta no Hospital Regional Público da Transamazônica. Um deles está em frente aos elevadores e, o outro, na sala do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), localizado próximo ao ambulatório da unidade.

As doações podem ser feitas em qualquer momento do dia. Mas lembre-se: são alimentos não perecíveis (como arroz, feijão, macarrão etc.) ou brinquedos, sejam novos ou em ótimo estado de conservação.

O Hospital Regional da Transamazônica pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela Pró-Saúde desde 2006.

A entidade realiza a gestão de serviços de saúde há mais de 50 anos. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, está presente em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde).