Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

Um ambiente de trabalho agradável, harmonioso e saudável é de extrema importância e traz uma série de benefícios. Vários estudos indicam que funcionários felizes e saudáveis são mais produtivos, proativos e criativos. E, muitas vezes, não é preciso grandes estratégias para alcançar esse resultado, pois uma ideia simples se transforma em uma poderosa ferramenta e estimula um bom relacionamento interpessoal. 

É o caso do “Mural das Virtudes”, que foi confeccionado pelas equipes das UTIs Neonatal e Pediátrica do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), gerenciado pela Pró-Saúde Associação de Assistência Social e Hospitalar, em Altamira (PA). Organizado mensalmente, porém alusivo às datas comemorativas, desta vez o mural foi pensado de uma forma diferente.
 
A ideia, debatida ainda no Grupo de Atenção Multidisciplinar Materno Infantil (GAMMI) da Unidade, foi promover uma troca de recados que exaltassem as características positivas dos colegas de trabalho. “Às vezes, com as atividades do dia a dia, não temos tempo de dizer o que pensamos de bom sobre o outro, nos atemos muito às cobranças e metas e nos esquecemos da humanização. Precisamos cuidar desse lado também, pois o colaborador vai se sentir estimulado a enxergar o colega como alguém que também precisa ser elogiado, precisa de um apoio, pois muitas vezes nós cuidamos sem ser cuidados”, destaca a coordenadora de Enfermagem, Joice Vaz. 

Os papeis para os recadinhos foram deixados nos setores e a ideia foi disseminada. O “Mural das Virtudes” começou tímido, mas surpreendeu. “Foi uma iniciativa muito legal. Isso fortalece a equipe e cria um vínculo maior entre todos. Fiquei contente ao ler os bilhetinhos, pois não esperava receber recados de algumas pessoas e quando você vê o seu nome lá, com uma mensagem tão bonita, você fica até emocionada”, ressalta a enfermeira Carla Bohry, colaboradora do HRPT há 6 anos.

O mural reforçou o bom clima organizacional, onde as pessoas se sentem seguras para confiar umas nas outras. “A equipe recebeu muito bem esse carinho. Para que a gente possa despertar essa questão da humanização e trabalhar com envolvimento, primeiro temos que começar pela gente. Temos que perceber que somos todos seres humanos, entender que o outro tem suas dificuldades e tentar incentivar esse lado bom. A humanização parte de cada um de nós”, incentiva Joice.  

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of