Membros da Comissão de Ética de Enfermagem tomam posse no Hospital Público Estadual Galileu

Os membros da Comissão de Ética de Enfermagem do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, tomaram posse nesta quinta-feira, 17, em solenidade que contou com a participação de representante do Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren-PA).

Ao todo, foram nove colaboradores eleitos entre enfermeiros e técnicos de Enfermagem do HPEG, escolhidos a partir de uma votação promovida no hospital entre a categoria de enfermagem.

No hospital, essa é a terceira comissão empossada, que possui mandato de dois anos. A nova Comissão instituída no HPEG, que pertence ao Governo do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde, possui um papel educativo, consultivo e de averiguação do exercício ético-profissional.

Para Lorena Portal, diretora assistencial do HPEG, a Comissão atua preventivamente para garantir o cumprimento dos preceitos éticos da categoria. “A Comissão de Ética de Enfermagem atua principalmente com foco educativo, auxiliando no desenvolvimento das práticas assistenciais e cumprimento da legislação”, destaca.

A diretora também ressalta a “importância do engajamento da equipe em participar do processo, desde a comissão eleitoral, os colaboradores inscritos e a equipe que participou de maneira significativa no período de votação”.

De acordo com Ariadne Cabral, eleita presidente da Comissão de Ética de Enfermagem, as comissões possuem grande relevância nas unidades de saúde, contribuindo com responsabilidade para a excelência no atendimento ao paciente.

“É gratificante a oportunidade de participar e ser presidente da Comissão de Ética de Enfermagem, que tem a importante missão de expressar conhecimento sobre nosso código de ética, além de ouvir e orientar nossa classe e assim prevenir situações agravantes no meio da saúde”, comenta.

O Hospital Público Estadual Galileu é uma unidade de retaguarda que atende média e alta complexidades, especializada em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia.

A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde desde a sua inauguração, em 2014. A entidade realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.