Materno-Infantil de Barcarena desenvolve cápsula de proteção para atendimento de pacientes com a Covid-19

O dispositivo é um reforço na segurança dos profissionais de saúde que realizam o atendimento dos pacientes com a doença, criando uma barreira antiviral de proteção

Para tornar mais seguro os procedimentos que envolvem algum tipo de manipulação na via aérea de pacientes com a Covid-19, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), gerenciado pela Pró-Saúde, desenvolveu uma cápsula de proteção para profissionais que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

O dispositivo, que é posicionado entre tórax e cabeça do paciente, pode ser utilizado em procedimentos invasivos, como traqueostomia, intubação, extubação e troca de tubo. De acordo com o coordenador de apoio Saulo Pontes, o produto ameniza riscos de contágios.

“A cápsula impede que aerossóis que contenham o vírus se espalhem no ar e contaminem a Unidade de Internação, podendo infectar colaboradores que prestam assistência ao paciente, como médicos, enfermeiros e técnicos ou ainda aqueles que realizam limpeza da unidade”, ressalta.

Este equipamento é construído com uma manta plástica reforçada e canos de PVC, e possui aberturas para mãos revestidas com material de proteção estéril. Além de ser de baixo custo, o material é higienizável e pode ser reutilizado.

As cápsulas implantadas no HMIB não são respiratórias, como os dispositivos utilizados pelo Hospital do Baixo Amazonas, em Santarém. No entanto, o equipamento é um reforço na segurança dos profissionais de saúde do Materno-Infantil, criando uma barreira de proteção antiviral.

Trata-se de um complemento aos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), e aos dispositivos de barreira de proteção de ambiente, como biombos, utilizados na área de isolamento da Covid-19, como a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Materno-Infantil de Barcarena.

Além de medidas de proteção individuais, a unidade tem reforçado práticas e protocolos de segurança para atender casos de pacientes com a Covid-19, como isolamento balcões das recepções, para manter distanciamento social; triagem de usuários e acompanhantes; reprogramação de visitas de familiares; e distribuição de máscaras doadas para os acompanhantes de bebês utilizarem no caminho de casa.

“A cápsula é um equipamento de proteção coletiva, onde reforça a política de segurança aos nossos pacientes e equipe assistencial. De forma contínua o HMIB desenvolve sua política de saúde e segurança no trabalho. Sempre buscando a integridade e bem-estar dos nossos colaboradores”, destaca Fábio Machado, diretor hospitalar.

O HMIB

O Materno-Infantil de Barcarena é uma unidade referência em média e alta complexidades para 11 municípios do Baixo Tocantins, sendo o público-alvo mulheres gestantes e recém-nascidos.A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Ampliar fonte
Contraste