Livros levam educação e distração para crianças em tratamento contra o câncer no Oncológico

A história da criança diagnosticada com autismo, que superou dificuldades para chegar até a faculdade e se tornou uma das maiores especialistas em tratamento de gado em abatedouro, é a mais nova inspiração e companhia para a adolescente D.F, de 14 anos, que faz tratamento contra um câncer, no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA). 

“É o que me distrai”, conta a adolescente que também vê na leitura uma forma de lembrar da família. “Meu irmão sempre pede para que eu leve livros para ele”, diz a adolescente. 

Nesta semana, a jovem visitou pela primeira vez o Canto da Leitura, uma biblioteca montada dentro do Hospital Oncológico Infantil, unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Inaugurada neste mês de outubro, a biblioteca conta com cerca de 400 livros doados por colaboradores e voluntários. Entre as revistas com histórias em quadrinhos e livros de autoajuda, o espaço ainda oferece uma seção de jogos educativos e exemplares da literatura paraense, poesias, religião, estudos universitários e contos infantis e adolescentes. 

Coordenador da Classe Hospitalar no Oncológico Infantil, onde estudam as crianças e adolescentes em tratamento na Unidade, Roberto França, destaca a importância da Biblioteca para a continuidade das ações de formação e educação realizadas na sala de aula. “Esse é um hospital que se preocupa em oferecer um cuidado com a saúde aliado à educação, a Classe Hospitalar acredita nessa transformação social através da leitura. Com a biblioteca, temos  espaço ideal para esse momento”, explica o professor. 

Conhecer a biblioteca também foi novidade para Maria Domingas, mãe de D.F. Para ela, o novo espaço vai ser importante durante os períodos de internação. “A leitura faz bem para ela. Tanto que ela saiu da biblioteca com um livro novo”, diz ela, após a filha se interessar pela história de outra garota e os preparativos para a festa de 15 anos. 

Humanização

O Canto da Leitura faz parte das ações de humanização, que é um dos princípios do Hospital Oncológico Infantil junto aos pacientes. Além da Biblioteca, o Hospital possui Brinquedotecas adaptadas conforme a idade dos usuários, equipe de recreacionistas, além de uma ambientação com temáticas infantis e projetos que amenizam processos de internação para as crianças e acompanhantes. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of