IEC promove palestra de conscientização ao Outubro Rosa

A vida moderna acarretou um alarmante aumento no número de casos de câncer entre as mulheres. Estresse, sedentarismo, obesidade, tabagismo e gravidez tardia são fatores de risco que tornaram o câncer a quinta causa de morte em mulheres mundialmente. O alerta foi feito pela médica oncologista Cátia Fernandes, diretora-técnica do Hospital Mário Kröeff, em palestra pelo Outubro Rosa, realizada no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), no dia 18/10, no Rio de Janeiro (RJ).

Cátia informou que a campanha do mês é voltada para as mulheres, mas que os homens também têm câncer na mama, e, por falta deste conhecimento, quando descobrem, geralmente, a doença já está muito avançada. “Quando os sintomas aparecem, ninguém pensa que pode ser câncer de mama. Só procuram um médico quando a situação já está grave”, disse a médica.

Segundo estudos do Ministério da Saúde, as duas regiões com maior taxa de mortalidade por câncer são o Norte do País e o eixo Rio-São Paulo. A primeira por causa da falta de recursos para atender a população, e a segunda por causa da densidade demográfica.

“Na mulher jovem, o câncer é mais agressivo e mais mortal, pela quantidade de hormônios no organismo. E, muitas vezes, elas deixam de fazer o autoexame e de procurar o médico periodicamente. Não deixem de se amar, se tocar, se olhar. Prezem pela sua saúde, ela é a coisa mais importante que temos”, disse Cátia Fernandes.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of