Home » HRPT completa oito anos com mais de 20 especialidades médicas e odontológicas

HRPT completa oito anos com mais de 20 especialidades médicas e odontológicas

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRTP), em Altamira, completou oito anos de serviços prestados à população dos nove municípios da região sudoeste paraense.  O HRPT foi inaugurado em 16 de Julho de 2007 e desde então é administrado pela Pró-Saúde – Associação Beneficente de Assistência Social Hospitalar – Pró-Saúde, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa). Construído em uma área de 10 mil metros quadrados, o hospital tem 97 leitos e três UTIs (9 leitos de Adulto, cinco de Pediatria, e cinco leitos Neonatal).

Referência no atendimento de alta e média complexidade, atendendo em mais de 20 especialidades médicas e odontológicas, o hospital tem 530 colaboradores, incluídos 67 Médicos e uma equipe de fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos, fonoaudiólogo e terapeuta ocupacional.

Atendendo a população das regiões do Rio Xingu e da Transamazônica, o HRPT é o único da região sudoeste do Pará que oferece serviços de nefrologia. Com foco na qualidade, o hospital implantou um serviço de entrega imediata de resultado de exames que facilita o atendimento aos pacientes residentes nos municípios mais distantes e com dificuldade de acesso.

O hospital tem a Certificação Acreditado Pleno concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que avalia os processos e a consolidação do sistema de gestão da qualidade hospitalar. Desde 2010, a certificação vem sendo mantida mediante auditorias anuais, manutenção dos padrões de conformidade e a melhoria do sistema de gestão que enfatiza a estrutura hospitalar, processos gerenciais acolhimento humanizado, segurança, responsabilidade socioambiental e resolutividade médica.

Isso tudo tem garantido a elevação anual da taxa de satisfação dos usuários. Em 2010, 92,91% dos pacientes internados disseram que estavam satisfeitos com os serviços; em 2012, a taxa subiu para 98,2% e em 2013 chegou a 98,8%, atingindo, finalmente, ano passado, 99,1%.

Em setembro de 2014, o hospital passou a oferecer aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), os serviços de mastologia, endocrinologia, ressonância magnética, cirurgia pediátrica.

“O HRPT buscou nesses oito anos preencher os vazios assistenciais da região da Transamazônica, primando pela qualidade no atendimento e nos serviços prestados, sendo reconhecido nacionalmente com o título de Hospital Acreditado Nível II, certificação que apenas 7 hospitais públicos no País possuem, e que atesta todo esforço do Governo do Estado, da Pró-Saúde e principalmente dos Colaboradores e Médicos em prestar a assistência com foco na segurança do paciente e dos colaboradores”, diz o diretor geral do hospital, Edson Primo.

“Vamos continuar trabalhando para manter o pioneirismo, que é marca registrada do HRPT, para que outros serviços, novas especialidades médicas e procedimentos possam vir fazer parte do rol de serviços do Hospital, visando melhorar a qualidade de vida e de saúde da população', acrescenta o diretor.

 

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde