Hospital Yutaka Takeda sensibiliza usuários para prevenção do suicídio

A cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo. Embora seja um número alarmante, o assunto é considerado um tabu para a maioria das pessoas. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre o suicídio, o Hospital Yutaka Takeda (HYT), localizado na Serra de Carajás, em Parauapebas (PA), realizou nesta semana uma programação no ambulatório da unidade em alusão ao 'Setembro Amarelo', movimento internacional que orienta sobre a prevenção de suicídios. 

Cerca de 120 pessoas participaram da ação, realizada por integrantes da Humanização, que abordavam os pacientes na entrada do ambulatório distribuindo material educativo e 'abraços grátis', para mostrar que gestos simples são capazes de curar dores. 

Segundo a psicóloga do HYT, Milena Falcão, para evitar os suicídios, o primeiro passo é desmistificá-lo. 'As pessoas acham que se falarmos sobre o tema estaremos incentivando o ato, mas isso não é verdade. Quanto mais falarmos, maior será a prevenção do problema. Afinal,  assim como a saúde física, a mental precisa ser levada a sério também', argumentou. 

Os usuários foram receptivos durante a ação. A partir das explicações, eles puderam identificar amigos e familiares que já apresentaram comportamento suicida ou que precisaram de ajuda por se sentirem deprimidos.

Unidade

Construído pela Vale há 31 anos, o Hospital Yutaka Takeda é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar e tem capacidade para atender casos de até média complexidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of