Hospital Regional de Marabá incentiva cuidados com a mente

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2020, a depressão será a doença mais incapacitante no mundo. Considerado um dos transtornos mentais mais comuns, o problema tem sido discutido em todo o mundo durante o ''Janeiro Branco''. Em Marabá (PA), o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) apoia o movimento e, com isso, tem alertado colaboradores e usuários sobre os principais transtornos psicológicos e a importância do cuidado com a saúde mental na busca pela qualidade de vida. 

Josiane Monteiro, de 27 anos, participou de um dos encontros realizados na unidade. Desde o início do mês, ela acompanha o filho internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. ''O encontro mexeu muito com cada uma das participantes, porque é bem profunda a situação que a gente está passando. Deu para entender e ver que não é só o meu caso, há várias situações acontecendo com as mães que acompanham os filhos no hospital, e cada uma enfrenta de uma forma diferente. A partir dessas histórias me senti encorajada a seguir em frente'', afirmou. 

A programação do ''Janeiro Branco'' no Hospital Regional de Marabá incluiu também diálogos sobre saúde mental com os colaboradores. Segundo a psicóloga da unidade, Carolina Miranda, infelizmente, o assunto é considerado um tabu para a maioria das pessoas, inclusive para profissionais da área da Saúde. ''Se as doenças mentais vêm das nossas emoções que se manifestam de diferentes formas, não devem ser um tabu, porque tudo é do ser humano. Existe muito preconceito em torno do assunto, mas acho que a melhor forma de vencê-lo é exatamente propor esse tipo de debate para as pessoas se enxergarem em diferentes situações que elas nunca se imaginaram e, assim, percebam que isso pode acontecer com qualquer pessoa'', argumentou a psicóloga. 

Janeiro Branco

O movimento ''Janeiro Branco'' é uma campanha internacional que tem o objetivo de desmistificar os transtornos mentais e chamar a atenção da sociedade quanto aos impactos das emoções no dia a dia de cada pessoa. 

No Pará, além do Hospital Regional do Sudeste do Pará, outras unidades gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), incentivaram esse diálogo, a exemplo do Seminário ''Janeiro Branco: cuidar de si para cuidar do outro'', realizado quarta-feira, 24/1, em Belém (PA), pelo Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência e o Hospital Público Estadual Galileu.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of