Home » Hospital Municipal de Pinhais conquista reconhecimento pela Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis

Hospital Municipal de Pinhais conquista reconhecimento pela Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis

O Seminário Hospitais Saudáveis – SHS é o principal evento promovido pelo Projeto Hospitais Saudáveis. Sua realização é resultado da parceria com o Centro de Vigilância Sanitária, órgão da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo e com a organização internacional Saúde Sem Dano. O SHS surgiu da necessidade por um evento capas de abordar os diversos temas relacionados às questões de saúde, segurança e, principalmente, meio ambiente nos estabelecimentos de saúde, sem ficar limitado pelos recortes específicos que os eventos de cada área da saúde normalmente adotam.

O SHS acontece anualmente, desde 2008, com duração de dois dias, e conta, a cada edição, com a presença de um público de mais 500 profissionais (dados de 2009 e 2010) de saúde de alto nível, envolvidos principalmente nas áreas de assistência à saúde, técnicos e gestores de serviços públicos e privados, e também de saúde pública e vigilância sanitária. Também participam profissionais de saúde e segurança do trabalho, controle de infecção hospitalar, gestão ambiental e consultoria, arquitetura e engenharia hospitalar, farmacêuticos, dentistas, biólogos, fornecedores de serviços hospitalares, como higiene e tratamento de RSS, além de professores e pesquisadores de diversas áreas.

O Hospital Municipal de Pinhais ingressou neste projeto desde 2012, juntamente com outros hospitais do grupo da Pró Saúde (Hospital Municipal de Araucária/PR, Hospital Municipal de Foz do Iguaçu/ PR, Hospital e Maternidade São José do Ribamar/MA, Hospital Municipal de Cubatão/SP, bem como a própria SEDE da Pró Saúde).

Cabe ressaltar que o projeto Hospitais Saudáveis promove também a campanha Saúde Sem Mercúrio que é realizada em parceria com Saúde Sem Dano e conta com o apoio e participação de diversas instituições nos níveis nacional, regional e local, bem como da Agenda Global para Hospitais Verdes e Saudáveis (AGHVS) se propõe a oferecer apoio a iniciativas em todo o mundo, visando promover maior sustentabilidade e saúde ambiental no setor saúde e assim fortalecer os sistemas de saúde em nível global. Essa rede foi criada em outubro de 2011, com o apoio de diversas organizações que representam mais de 3500 hospitais nos seis continentes. A Rede tem como objetivo promover a saúde pública e ambiental, assim como a redução da pegada ecológica da assistência à saúde. Trata-se de uma iniciativa baseada no comprometimento dos estabelecimentos de saúde com, pelo menos dois, de um conjunto de 10 objetivos inter-relacionados e integrados, abordando as principais áreas de atuação para melhoria do desempenho ambiental e maior sustentabilidade no setor saúde.

A edição do Seminário Hospitais Saudáveis, SHS-2014, realizado nos dias 17 e 18 de setembro, no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, tiveram como tema central “Conhecimento e Inovação: Bases para uma assistência à saúde ambientalmente sustentável”. Este chama atenção para a importância da gestão do conhecimento e da inovação para a melhoria das práticas e o desenvolvimento das instituições. Regulação, gestão, mercados e tecnologias são pressionados pelas demandas por segurança e eficiência, com menores impactos ambientais e mais benefícios sociais. Apoiam esta iniciativa, mais de 20 instituições públicas e privadas, organizações ambientalistas, profissionais e científicas, institutos de ensino e pesquisa, serviços e sistemas de saúde, parceiros que representam algumas das mais renomadas organizações do setor saúde.

O prêmio recebido pelo Hospital Municipal de Pinhais teve como representante, o Diretor Regional Operacional, Marcelo Durante Bittencourt, que destacou a importância deste reconhecimento pelo empenho da equipe do Hospital de Pinhais no alcance dos objetivos da Agenda Global Hospitais Verdes e Saudáveis. Em contrapartida, o prêmio foi entregue ao Sr. Ênylo Vinicius Faria, Diretor Geral do Hospital Municipal de Pinhais, que salientou este processo como de fundamental relevância para a promoção da sustentabilidade e segurança assistencial aos profissionais e pacientes.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde