Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) fez mais de 5 mil cirurgias em 2017

“Gostei de ser atendida aqui, pois a equipe de médicos, enfermeiros e demais profissionais são bem-educados”, disse Luana Moura da Costa, acompanhante de um paciente internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória. A dona de casa também destacou a higienização, elogiou a refeição e o refeitório do hospital. Para registrar a satisfação, Luana procurou o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), que finalizou o ano de 2017 com 97% de satisfação, segundo as pesquisas realizadas pelo setor.

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) é referência no Espírito Santo em atendimento a casos de trauma. Ano passado, realizou 46.831 atendimentos no Pronto-Socorro, 5.570 cirurgias, 98.159 exames por imagem e 354.584 exames laboratoriais. Segundo o diretor-geral, Paulo Santos, o hospital tem o compromisso diário de oferecer um atendimento de qualidade, seguro, com foco no acolhimento às pessoas.

“Uma das grandes conquistas que obtivemos no ano passado foi o recebimento do certificado “Acreditado”, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). O reconhecimento reforçou que estamos no caminho certo, com as nossas atividades atreladas aos protocolos de segurança do paciente”, pontuou.

Paulo Santos ainda destacou que o hospital tem o cuidado de manter uma equipe qualificada e alinhada aos processos de trabalho. Para reforçar esse compromisso, em 2017 foram realizados 185 treinamentos, segundo dados do Núcleo de Educação Permanente do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), além das capacitações aplicadas por meio do Programa de Desenvolvimento de Lideranças – Semear 1.

 

Projetos e Conquistas

A humanização é um dos pilares da gestão do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE). Em 2017, atividades lúdicas foram realizadas com o objetivo de acolher pacientes, acompanhantes e colaboradores do hospital.

Uma ação que tem dado certo é a entrega de cartão de aniversário para os pacientes que fazem aniversário no período de internação. “Pela manhã, um profissional fica responsável em afixar próximo ao leito do paciente um cartaz com homenagem pelo seu aniversário. O paciente também recebe um cartão de aniversário”, disse Sara Eler Nepumoceno, presidente da Comissão Interna de Humanização.

Para os acompanhantes, o hospital desenvolveu o projeto “Multiplique Conhecimento”, com a instalação de uma biblioteca na recepção do Centro Cirúrgico.

“Os livros foram doados pelos colaboradores do hospital. A proposta é expandir o projeto para as demais recepções. Para que isso possa acontecer, iniciamos uma campanha interna de arrecadação de livros, revistas, gibis”, acrescentou Sara.

Além da certificação Acreditado (ou ONA 1), o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) recebeu, em 2017, o selo de reconhecimento “Materiality Disclosures”, concedido pela Global Reporting Initiative (GRI), uma entidade sem fins-lucrativos sediada na Holanda que estimula e reconhece, em escala mundial, a inclusão de boas práticas sustentáveis em organizações públicas, privadas e do terceiro setor.

Para reforçar as boas práticas sustentáveis no hospital, os colaboradores construíram uma área de convivência sustentável, para ser utilizada durante o intervalo do expediente no trabalho.

 

Sobre o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE)

Mantido pelo governo estadual, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, por meio de um contrato de gestão firmado com a Secretaria de Estado de Saúde desde dezembro de 2015.

A unidade hospitalar possui 457 médicos atuando nas especialidades de ortopedia, neurocirurgia, neurologia, cirurgia vascular/angiologia, cirurgia geral, anestesiologia, cirurgia torácica, cirurgia bucomaxilofacial, terapia intensiva, clínica médica, nefrologia, infectologia, nutrologia.

São 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 14 de Unidade de Alta Dependência de Cuidados (UADC) e 121 leitos de enfermaria. O hospital também possui um ambulatório de especialidades cirúrgicas para pacientes que precisam de reavaliações, serviço de imagem com raios X, tomografia, ultrassonografia, ecocardiografia, eco-Doppler, endoscopia e colonoscopia, além de um Pronto-Socorro, aberto em dezembro de 2016.

Os pacientes podem contar com uma equipe multiprofissional durante o tratamento para a reabilitação, composta por enfermeiros, técnicos em enfermagem, terapeutas ocupacionais, psicólogos clínicos, assistentes sociais, nutricionistas clínicos, assistentes sociais, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.

 

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of