Hospitais públicos do Pará realizam campanha de vacinação

Mais de 350 colaboradores do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, em Marabá (PA), participaram da campanha de vacinação contra a Influenza nos dias 14 e 15 de maio. A ação foi coordenada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) da Unidade e contou com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Marabá.

Os colaboradores do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, e do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, ambos gerenciados pela Pró-Saúde, também foram imunizados em 2019, só que em abril. No HRBA, a ação beneficiou 1.100 profissionais e, no Oncológico Infantil, 382 pessoas.

Os profissionais da saúde fazem parte do grupo recomendado pelo Ministério da Saúde como prioritário para esta etapa da campanha nacional contra gripe. Junto com eles estão as pessoas com mais de 60 anos, professores das escolas públicas e privadas, crianças de seis meses até seis anos incompletos, gestantes, mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias, funcionários do sistema penal, indígenas, pessoas privadas de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas.

 

Influenza

A gripe causada pelo influenza é uma infecção transmitida por meio do contato com secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada com o vírus. Seus principais sintomas são: febre alta, coriza, tosse seca, náusea, vômito, falta de apetite e dores nos músculos, articulações, cabeça e garganta. Dependendo da gravidade, alguns pacientes necessitam de internação hospitalar.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, anualmente, cerca de 5 milhões de pessoas são acometidas pela doença no mundo e até 650 mil morrem por complicações da gripe. Por isso é importante participar da campanha de vacinação.

Além da imunização, para prevenir-se da gripe, é preciso manter as mãos limpas, não compartilhar objetos pessoais, como copos, toalhas e travesseiros, e evitar locais fechados e com aglomeração de pessoas.