Hospitais 5 de Outubro e Yutaka Takeda promovem capacitação e coaching para gestores

Os gestores dos Hospitais 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás e Yutaka Takeda (HYT) em Parauapebas, ambas unidades gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar na região sudeste do Pará, participaram, nos dias 7 e 8 de agosto, do treinamento Gestores Líderes, com o coach Kotaro Tuji, do Instituto Internacional Japonês de Coaching.

O encontro, em formato de workshop, teve como objetivo desenvolver o potencial das lideranças das duas unidades, na área de gestão, relacionamento interpessoal e comunicação.

Segundo Tuji, a capacitação tem o intuito de resgatar o desejo no colaborador de dar o seu melhor, e que, além disso, esse desejo vire rotina. A programação também trouxe uma nova percepção sobre gestão e liderança, especialmente na área de planejamento, organização, execução, controle e avaliação. Assim, potencializando o gestor para executar a sua função de forma mais competente e fazendo com olhe para a instituição com um olhar mais transcendente. “Ou seja, não pensar apenas em si, ou só na sua tarefa, mas que ele faz parte de um todo. Produzir resultados de um conjunto muito maior do que ele só”, disse o profissional.

Durante a programação ainda ocorreram atividades práticas de reconhecimento de perfil, produção de um plano estratégico e como dar um feedback eficaz.

Para a supervisora de facilites do HCO, Saíle Sales, as ferramentas apresentadas pelo coach foram de grande valia para que os gestores possam ouvir, entender e aceitar as diferenças de cada colaborador. “Para mim, que estou à frente de várias equipes e no decorrer do dia são diversas situações diferentes, esse treinamento vai ajudar a ter mais habilidade para ouvir, entender e sentir mais empatia pelo outro”, declarou Saíle.

A Coordenadora Farmacêutica do HYT Sheila Machado, considerou o treinamento bastante produtivo e relatou que pretende aplicar o conhecimento adquirido na sua equipe para lidar de forma individual com cada profissional. “Hoje consegui ver que existem vários profissionais de maneiras muito diferentes, mas todos com qualidades a serem trabalhadas e que depende de cada gestor saber desenvolver isso”, frisou Sheila.