Home » Higienização das mãos foi foco das ações do Dia de Combate à Infecção no Rio

Higienização das mãos foi foco das ações do Dia de Combate à Infecção no Rio

A higienização das mãos é reconhecida como uma medida muito importante no controle de infecções relacionadas à assistência à saúde. Por este motivo, é considerado fator primordial da prevenção e controle de infecções dentro dos serviços de saúde. Diante deste fato, o tema ganhou destaque nas ações de comemoração ao Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar, realizadas na última sexta-feira (15) nos hospitais administrados pela Pró-Saúde no Rio de Janeiro (RJ).

Para chamar atenção ao tema, o Hospital Estadual Carlos Chagas (HECC) realizou a projeção de um filme sobre a importância da higienização das mãos. O vídeo foi transmitido na entrada da unidade, e no final de cada sessão foi ensinado como limpar bem as mãos com álcool em gel.  

A equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Estadual Anchieta (HEAN) promoveu uma grande ação de conscientização com os colaboradores visando reforçar os protocolos de segurança e o hábito de limpeza das mãos. Além disso, foram feitos treinamentos práticos de higienização e jogo de perguntas e respostas com premiação.

“Me sinto amparado e protegido em saber que o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar está sempre disposto a nos orientar sobre os riscos da infecção hospitalar. Que este projeto se perpetue por muitos e muitos anos”, declarou o técnico de enfermagem Luiz Almerto.

No Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV) as atividades tiveram início na primeira semana de maio.  A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da unidade realizou atividades nos setores para estimular e incentivar a limpeza das mãos com água e sabão. Também foi recomendado o uso do álcool em gel, medida igualmente eficaz. Na última sexta-feira, o HEGV finalizou as ações com debates e palestras no I Encontro de Infecção Hospitalar. Foram distribuídos brindes e descontos em cursos da área.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde