HEGV promove encaminhamento responsável de pacientes

Todos os pacientes sociais acompanhados no Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), localizado no Rio de Janeiro (RJ), que tiveram a alta hospitalar concluída no ano de 2018, podem continuar sendo atendidos por outros equipamentos públicos tais como: Clínica da Família, consultório na rua, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Conselhos Tutelares, entre outros. Isso só foi possível por conta do projeto “Encaminhamento Responsável”, implementado pelo Serviço Social da Unidade.

Com o início do projeto, o Serviço Social passou mais de 700 encaminhamentos formais e informais em 2017. Já em 2018, os encaminhamentos foram de mais de 1060, sem contar o mês de dezembro. A ação que já era desenvolvida, anteriormente, por meio de orientações e encaminhamentos dados à família e/ou ao paciente, sobre as solicitações de acompanhamentos após internações, passou a serem formalizados através de e-mails, feitos por toda a equipe de Serviço Social, que foi treinada para execução correta dos equipamentos.

A estratégia do HEGV visa um reforço das Redes de Atenção para que ocorra uma redução de reinternações dos pacientes, e para que também tenham um acesso mais qualificado e contínuo às políticas sociais.

O coordenador do Serviço Social, Fábio Calleia, explica: “O resultado desta ação, apesar de não ter mensurabilidade factível de quantos pacientes continuaram acompanhados, devem ser comemorados não só pelo movimento de pensar no paciente para além de sua permanência na Unidade, mas também pelas possibilidades colocadas no real ao que diz respeito à construção de verdadeiras Redes de Atenção integrando diferentes políticas públicas”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of