Fonoaudióloga do Hospital Yutaka Takeda dá dicas para cuidados com a saúde da pessoa idosa

Especialidade é essencial para prevenir, amenizar e até mesmo reverter alguns problemas comuns que surgem com o envelhecimento

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o Brasil será o sexto país no mundo em número de idosos até 2025. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até 2055, o número de pessoas com mais de 60 anos irá superar a presença de brasileiros com até 29 anos.

Envolvida no curso de Cuidador de Idosos do Hospital Yutaka Takeda, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, em Parauapebas (PA), a fonoaudióloga Leila Veloso, explica que o diagnóstico precoce das patologias da comunicação humana na terceira idade é fundamental para o início de um tratamento adequado para cada paciente.

“A fonoaudiologia para os idosos previne, ameniza e até mesmo reverte alguns problemas que surgem com o envelhecimento, como a perda auditiva, dificuldades na musculatura da deglutição, na fala e na voz dos idosos”, explica Veloso.

O processo de envelhecimento requer uma atenção especial para os cuidados da saúde em forma integral, por isso, atos simples como respirar e mastigar devem ser observados para melhor manutenção da saúde.

“Esses processos podem ser sinais ou sintomas de doenças neurológicas, como Acidente Vascular Cerebral (AVC), Parkinson, Alzheimer, entre outras, que acometem muitos pacientes idosos”, destaca a profissional.

“Durante um diálogo com o idoso é importante ficar de frente para ele, enfatizar expressões faciais para o entendimento da mensagem e falar devagar e pausadamente”, explica. Outra dica é usar palavras simples e passar uma instrução por vez. “O estímulo da leitura e da escrita também é essencial”, complementa a fonoaudióloga.

Ainda de acordo com Leila Veloso, a atenção por parte do cuidador e dos familiares do idoso deve ser redobrada na hora da alimentação. “É preciso verificar se o idoso está sonolento na hora de se alimentar, porque isso favorece o engasgo”, enfatiza.

Qualidade assistencial

O Hospital Yutaka Takeda, construído pela Vale em 1986, possui importantes certificações que demonstram a preocupação da unidade com a qualidade no atendimento.

Gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar desde 1997, o hospital possui a certificação ONA 3 – Acreditado com Excelência, reconhecimento máximo concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que avalia a qualidade, segurança e gestão integrada.

O hospital também foi a primeira unidade de saúde no Brasil certificada pelo Programa Nacional de Qualidade (PNQ), do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), que reconhece a qualidade da assistência da instituição.