Exposição fotográfica mostra que saúde é a base de uma vida feliz

“Eu, depois de ti” reflete sobre a importância do Hospital Materno-Infantil de Barcarena para a comunidade.

 

Há um impacto social transformador que uma unidade de saúde provoca na comunidade para a qual atende. Essa perspectiva inspirou uma bela e poética exposição fotográfica, que será apresentada aos paraenses, às 14h30 do dia 25 de julho, no charmoso Espaço São José Liberto, em Belém (PA).

“Eu, depois de ti” mostra 40 imagens captadas pelo olhar sensível e atento do fotógrafo paraense Otávio Henriques. Elas reproduzem cenas comoventes de mães com seus filhos — todos eles nascidos no Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB).

“Sempre gostei de contar histórias através das fotografias. Mostrar em detalhes narrativas de vidas e lugares que, às vezes, não são percebidos a olho nu. Tenho uma inspiração muito forte dos fotógrafos paraenses”, observa Otávio.

A exposição, ele diz, retrata esse olhar — o cotidiano das mães no cerne da sua família após a alta hospitalar. “Toda a naturalidade e realidade de oito famílias, de diferentes classes sociais, protagonistas de suas histórias”, afirma o fotógrafo.

Stephanie Valdivia, diretora do Materno-Infantil, observa que a mostra pode estimular inúmeras reflexões. “Todos os dias presenciamos histórias emocionantes de mães que vêm ao hospital e, quase sempre, elas se surpreendem com a qualidade do serviço púbico que recebem”, revela a diretora.

Para quem trabalha no Hospital Materno-Infantil de Barcarena, afirma Stephanie, a exposição mostra que cada paciente tem sua história e essa condição deixa todos os profissionais orgulhosos de seu papel. “É um trabalho que inspira e reforça a missão social do hospital”, acrescenta a diretora.

A ideia de produzir uma exposição fotográfica surgiu do fato de que este foi o primeiro ano em que o Hospital Materno-Infantil de Barcarena comemorou o Dia das Mães — a unidade do Governo do Pará iniciou o atendimento ao público em outubro de 2018, sob gestão da Pró-Saúde, por meio de um contrato firmado com a Secretaria de Saúde Pública do Pará.

Talento paraense

Para viabilizar a mostra, o hospital abriu uma seleção de fotógrafos paraenses por meio do Programa de Voluntariado da Pró-Saúde. A intenção foi valorizar os talentos locais. Otávio Henriques foi o selecionado.

Formado em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Pará, Otávio descobriu-se fotógrafo em 2009, quando passou a retratar o cotidiano das pessoas em Belém e dos lugares por onde passou. Atualmente, trabalha como fotojornalista e ministra aulas e oficinas de fotografia.

No Instagram, a rede social de fotos, o trabalho de Otávio Henriques é acompanhado por quase 13 mil seguidores.

A exposição será itinerante, ou seja, vai ser levada para vários locais. Nesta estreia, porém, contou com a parceria do IGAMA (Instituto de Gemas e Joias da Amazônia), que cedeu espaço para sediar a mostra.

Parceiros e agradecimentos:
Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA) — Espaço São José Liberto
Otávio Henriques, fotógrafo voluntário
Grupo de Trabalho e Humanização do HMIB

Mães:
Renata Maciel Farias
Renata das Dores da Silva
Barbara Sueyle Pimentel Santos
Luana Damasceno Melo
Maildes dos Anjos Ramos Santos
Hanna Sacramenta Pereira
Eliana Cunha Holanda
Ana Rita Duarte Carvalho

Serviço:
Local: Espaço São José Liberto
Abertura: 25 de julho (quinta-feira), às 14h30
Período da exposição: de 25 de julho a 4 de agosto.
Horário de visitação: terça a sábado, das 9h às 18h. Domingos, das 10h às 16h.