Direção Viva: Oncológico Infantil promove educação no trânsito

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo (HOIOL), em Belém (PA), abre as portas para o encerramento da campanha 'Direção Viva: você consciente, trânsito mais seguro!', que atua em favor da conscientização no trânsito. A ação foi promovida pelos hospitais públicos do Pará, administrados pela Pró-Saúde  sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A programação iniciou dia 18/11 com missa, palestras, rodas de conversa, além de um memorial para lembrar as vítimas de acidentes no tráfego e encerramento acontece dia 30/11, às 9h30.

No Hospital Oncológico Infantil a ação educativa será em parceria com o Departamento Nacional de Trânsito no Pará, que irá fazer apresentação de teatro ensinando de forma lúdica às crianças e adolescentes sobre a gravidade da imprudência no trânsito. Os responsáveis dos pacientes também receberão orientações sobre segurança para motorista, pedestres e ciclistas. Nos últimos três anos, mais de 35 mil vítimas foram atendidas em quatro hospitais públicos do Pará: Metropolitano de Urgência e Emergência, Hospital Galileu, Hospital Regional do Sudeste do Pará e o Hospital Regional Público da Transamazônica. As unidades hospitalares públicas, gerenciadas pela Pró-Saúde no Pará, com exceção do Hospital Oncológico Infantil, atendem vítimas de traumas, sendo a maioria, por acidentes de trânsito.

Segundo o diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará, Paulo Czrnhak, é primordial que a população saiba que essas situações podem ser evitadas. 'Se cada condutor agir com prudência no trânsito, vidas serão salvas e assim, a segurança do cidadão, será ampliada. Mas principalmente, teremos menos dores nas famílias e a redução de perdas na sociedade. Precisamos resgatar o valor à vida', alertou o diretor.

O Hospital Oncológico Infantil trata e cuida de crianças e adolescentes com câncer e foi escolhido para o encerramento da campanha por uma razão especial. 'O Direção Viva começou com uma missa mostrando as consequências de acidentes no trânsito. O encerramento em um hospital infantil é para criar desde cedo nos nossos pequenos cidadãos uma cultura de não imprudência, de não violência. Mostrar que a educação sempre vai mudar uma realidade para melhor, seja qual for, e que soluções para um trânsito mais seguro está nas nossas mãos desde cedo, desde sempre”, explicou a diretora Geral do hospital, Alba Muniz.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of