Com pesquisa de satisfação dos pacientes, Hospital Galileu apresenta o valor da humanização no atendimento

Projetos como Cine Galileu, Musicoterapia e práticas voltadas para a segurança do paciente resultaram em uma avaliação positiva da unidade e índice de 98,91% de satisfação dos pacientes

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), referência no atendimento em traumas ortopédicos, em Belém, encerrou o ano de 2020 com 98,91% de satisfação entre pacientes e acompanhantes. O resultado foi divulgado pela unidade hospitalar na última sexta-feira (15/1).

A pesquisa que identifica o índice de satisfação é realizada mensalmente pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), do HPEG. Com a pesquisa, o paciente e seu acompanhante avaliam o desempenho de profissionais da unidade e a atuação de cada setor. No final do ano, a média é feita de acordo com o percentual de todos os meses.

“O nosso maior desafio durante a pandemia foi se tornar uma unidade exclusiva no atendimento aos casos da Covid-19. Isso mudou não só a forma de viver dos nossos profissionais como, também, a forma de cuidar do paciente”, destacou Keisy Ribeiro, coordenadora do SAU.

Entre os meses de abril e junho de 2020, o Hospital Galileu, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, sob contrato de gestão com a Secretaria de Saúde Pública (SESPA), atendeu exclusivamente casos do novo coronavírus.

Referência em ortopedia e traumas ortopédicos, o hospital precisou alterar o seu perfil de atendimento e adequar as instalações para receber o novo tipo de paciente. Mais de 140 pacientes tiveram a sua saúde recuperada no HPEG.

Projetos de humanização

O resultado obtido pela avaliação dos pacientes reconhece os esforços assistenciais da equipe, além de possibilitar a implantação de um atendimento cada vez mais humanizado no Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre os projetos que fortaleceram a humanização na assistência foi o Cine Galileu. Implantado em 2017, a iniciativa leva sessões de cinema para enfermarias e UTI do hospital. Mais de 20 mil pacientes já participaram das sessões.

Já o projeto de musicoterapia envolve voluntários que realizam apresentações musicais ao vivo para os pacientes. “A implantação das atividades possibilita uma melhora na adesão ao tratamento realizado no hospital e uma diminuição no estresse durante a sua internação”, explica Lidiana Sousa, Supervisora de Humanização do HPEG.

No período da pandemia, a realização do projeto também foi mantida, sendo realizada de forma virtual com os voluntários.

Gestão hospitalar e humanização

Entre as diretrizes de gestão do Hospital Galileu, com base em estratégias assistenciais desenvolvidas pela Pró-Saúde, a unidade possui um programa de treinamento junto aos colaboradores.

Por meio do Núcleo de Educação Assistencial (NEAS), profissionais são capacitados, mensalmente, com metodologias ativas e treinamentos dinâmicos, gerando uma experiência mais humanizada.

“Com essas estratégias conseguimos reforçamos no nosso papel como gestores, prezando pela manutenção contínua dos atendimentos e promovendo mais segurança aos pacientes”, comenta Thiago Zaché, diretor Hospitalar do HPEG.

De acordo com o gestor, esse trabalho também é usando como referência na conquista de importantes reconhecimentos assistenciais.

“O Galileu é uma unidade certificada pela Organização Nacional de Acreditação, a ONA. Nós temos o maior certificação do país, Acreditado com Excelência. A entidade avaliou os nossos processos e reconhece que nossas aplicações de trabalho estão entre as melhores do país”, destaca Zaché.

A certificação pela ONA é concedida aos hospitais que, além de atenderem aos critérios de segurança e qualidade no atendimento, também possui gestão integrada, com participação de todos os setores.

Homenagens

Com o intuito de apresentar o reconhecimento aos profissionais do Hospital Galileu, por todos os esforços dedicados aos pacientes e valores assistenciais, o SAU prestou homenagens aos colaboradores em evento especial na unidade.

Respeitando as normas e protocolos de saúde, os profissionais receberam os agradecimentos em nome de toda a direção do hospital. Na ocasião, os elogios dos próprios pacientes também foram divulgados aos profissionais, indicando a importância de cada colaborador no tratamento e recuperação no ambiente hospitalar.

Ampliar fonte
Contraste