Caravana da solidariedade consegue atingir meta de doação de sangue

Caravana Solidária

A ação contou com o apoio de militares e do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo. Houve ainda o cadastro de interessados em se tornar doador de medula óssea

Quarenta bolsas de doação de sangue, foi o saldo obtido pela Caravana de Doação de Sangue e Medula Óssea do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, realizada nesta quarta-feira, 28. Ao todo, dois micro-ônibus foram utilizados para o transporte dos doadores até a Fundação de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa).

Além da parceria com a Hemopa, a ação contou com o apoio de militares da Marinha, do Exército e do Corpo de Bombeiros do Pará. A iniciativa garantiu o abastecimento do estoque de sangue para o hospital Oncológico Infantil e ainda deverá identificar possíveis doadores de medula.

“Agradecemos especialmente a todos os voluntários que participaram da caravana, pois sem eles seria impossível alcançarmos nossa meta, que dessa vez foi de 30 bolsas”, disse a enfermeira Ildilane Carvalho, da Agência Transfusional do Oncológico Infantil.

Emocionada, a profissional destacou que “a participação de todos foi a demonstração de um ato de amor em prol de nossas crianças, em tratamento no hospital, e que sempre precisam dessa ajuda”.

“Uma bolsa pode salvar até três vidas”, acrescentou o farmacêutico Márcio Moraes, da Agência Transfusional, reforçando a importância do apoio nas doações para pacientes oncopediátricos que necessitam de transfusões com regularidade.

Quem participou pela primeira vez foi a estudante de enfermagem e colaboradora do hospital, Heloana Mendes, que esperou por nove anos por esse dia.

“Sempre tive vontade de doar. Da última vez que fui fazer isso fui impedida, porque meu peso estava abaixo do ideal para ser uma doadora, mas agora atingi o peso exigido, foi emocionante poder ajudar alguém”, revelou a jovem com a sensação de satisfação.

“É gratificante poder contribuir com essa ação que é de extrema importância e que pode salvar vidas. Sempre que possível participamos de campanhas dessa natureza”, avaliou a militar Alexandra Fernandes, assistente social, que atua como 2º Tenente no Hospital Geral de Belém.

O Hospital Oncológico Infantil é uma unidade mantida pelo Governo do Pará, sendo gerenciada pela Pró-Saúde. Todos os anos a instituição de saúde, por meio de sua Agência Transfusional, realiza campanhas de doações de sangue.

Em novembro, estão previstas novas ações pelo hospital em parceria com outras instituições e empresas.