Após capacitação com gastrônomo, Hospital Yutaka Takeda desenvolve receita inclusiva e sustentável

Receita

Um prato fácil, rápido e seguro feito a partir do cozimento da manga madura, o musseline de manga é uma deliciosa sobremesa inclusiva utilizada no atendimento de pacientes com Alergia à Proteína do Leite de Vaca (APLV) ou intolerância à lactose atendidos no Hospital Yutaka Takeda.

Este prato é fruto de treinamento realizado pelo Chefe de Cozinha André Felipe Mota, gastrônomo reconhecido Garfo de Ouro 2020 e membro da AAGI – Academia de Artes Gastronômicas Internacional, aos colaboradores dos Hospitais Yutaka Takeda e 5 de outubro, unidades gerenciadas pela Pró-Saúde.

De sabor adocicado, este creme de manga pode ainda ser usado como base para o preparo de outras sobremesas com a combinação da manga com outras frutas ou usado em preparações salgadas na forma de molho.

Para a nutricionista Nathalia Lobato, que coordena a área de nutrição dos dois hospitais, é importante não só manter um cardápio saudável para os pacientes, é imprescindível manter uma boa apresentação do prato e garantir a aceitação e satisfação.

O que vai de encontro com paradigmas de que comida de hospital é ruim. Porque é possível sim ter uma alimentação saudável e deliciosa no hospital e ainda sim ela ser inclusiva, como no caso do Musseline de manga.

Receita:

Ingredientes
3 mangas cortadas em cubos

Modo de preparo
Leve as mangas em cubos ao fogo até se desmanchar. Em seguida, ainda quente, passe na peneira. Reserve a polpa em pequenas porções e sirva gelada.