Após 16 dias na UTI, a influencer Thais Regina se recupera da Covid-19

Alta Thais Regina

Ela estava internada no Hospital Regional do Sudeste do Pará desde o dia 13 de março

A digital influencer Thais Regina Siqueira Freitas, de 23 anos, viveu uma história de luta e superação nas últimas semanas no Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso, em Marabá.

Estudante de psicologia, a jovem deu entrada na unidade no dia 13 de março com sérios problemas respiratórios causados pela Covid-19. No Regional do Sudeste do Pará, ela foi internada diretamente na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Por nove dias ela precisou ser intubada até apresentar melhora do seu quadro clínico.

Aos poucos, com ajuda do tratamento, Thais conseguiu se recuperar, sair da intubação e, após dias sendo acompanhada pelos profissionais de saúde da unidade, receber alta nesta segunda-feira, 29.

Na saída do hospital, aplausos dos profissionais de saúde demonstravam a alegria por sua luta e vitória. Thais, ao lado de amigos e familiares que a aguardavam do lado de foram da unidade, ficou bastante emocionada com tudo o que viveu durante a sua recuperação.

“Obrigado a todos que oraram por mim, agradeço também por toda dedicação e pelo grande trabalho dos profissionais de saúde do Hospital Regional do Sudeste do Pará, que me trataram com bastante humanização e carinho”, disse Thais durante a sua despedida do hospital.

Para Walquiria Siqueira, mãe da jovem influencer, sua filha foi uma verdadeira guerreira em vencer a batalha contra à Covid-19. Ela sempre acreditou na recuperação de Thais e no trabalho dos profissionais do HRSP.

“Quero agradecer imensamente a todos os profissionais de saúde por terem cuidado tão bem da minha filha. Obrigado pelo atendimento e por sempre estarem a nossa disposição. Pelo estado que ela chegou no hospital foi um verdadeiro milagre a recuperação do amor da minha vida”, disse bastante emocionada.

De acordo com o diretor Hospitalar do HRSP, Valdemir Girato, que acompanho a evolução do estado de saúde de Thais, a recuperação de cada paciente se tornar um estímulo ao trabalho de todos.

“Ficamos felizes pela alta da Thais, por ver sua luta resultar em uma recuperação junto aos esforços de nossos médicos, enfermeiros, técnicos de Enfermagem e demais profissionais”, comentou.

O HRSP é uma unidade do Governo do Pará, gerenciada pela organização Social Pró-Saúde, entidade filantrópica presente em todo o País. Ao todo, o Regional do Sudeste do Pará conta com 115, sendo 42 leitos exclusivos para os casos mais graves do novo coronavírus.

O atendimento prestado pelo HRSP é 100% gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Referência para 22 municípios, já prestou assistência para cerca de 500 pacientes com a doença.

Ampliar fonte
Contraste