Setores de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Hospital Estadual de Urgência e Emergência registram mais de 7 mil atendimentos por mês | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Setores de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Hospital Estadual de Urgência e Emergência registram mais de 7 mil atendimentos por mês

10/10/2018

Setores de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Hospital Estadual de Urgência e Emergência registram mais de 7 mil atendimentos por mês

Profissionais dos setores de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional do Hospital Estadual e Urgência e Emergência, em Vitória (ES), fazem, por mês, mais de 7.600 atendimentos. Os serviços prestados auxiliam na reabilitação de pacientes clínicos ou cirúrgicos internados na unidade, cuja habilidade para desenvolver atividades cotidianas esteja ameaçada ou foi interrompida por incapacidade temporária ou permanente, que apresentam alterações no movimento e na sua funcionalidade.

Os usuários, em sua maioria, são vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), traumatismo craniano, politraumatizados com múltiplas lesões e pacientes com problemas ortopédicos, como fratura de fêmur.

A coordenadora da Fisioterapia, Marina Almeida, explicou que a equipe atua nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), Unidades de Alta Dependência de Cuidados (UADC), Unidades de Internação (as enfermarias) e na Sala Vermelha, local para atendimento de paciente grave no Pronto-Socorro. “Durante a assistência, nosso objetivo é acelerar a reabilitação do paciente, promovendo o retorno à sociedade, com o mínimo de limitação, reduzindo o tempo de permanência no hospital”, disse.

Marina acrescentou que são realizados, aproximadamente, 7.500 atendimentos de fisioterapia por mês. “A assistência é feita nos próprios leitos e à medida que o paciente apresenta melhora no seu quadro clínico, podendo se locomover sozinho, ou até mesmo com auxílio de muletas ou cadeiras de rodas, os exercícios são realizados nos corredores do hospital. Buscamos proporcionar independência para o paciente, além de permitir que ele saia do seu leito e interaja com outras pessoas”, explicou.

 

A atuação da Terapia Ocupacional

Com atuação nas Unidades de Internação e Ambulatório, a Terapia Ocupacional planeja e organiza atividades humanas para o dia a dia, possibilitando melhor qualidade de vida. Por mês, o setor de Terapia Ocupacional realiza, aproximadamente, 130 atendimentos. O tratamento é indicado por médicos especialistas, como ortopedistas e neurologistas, ou pela equipe de enfermeiros, fisioterapeutas e psicólogos.

Durante o acompanhamento, são desenvolvidas atividades simples, como vestir uma camisa, escovar os dentes, pentear o cabelo e fazer uma caminhada. “Além do atendimento no hospital, deixo como tarefa algumas atividades para serem exercidas em casa, o que contribui com a melhora da funcionalidade do corpo e da qualidade de vida do paciente’’, afirmou Synara Sampaio Novais, terapeuta ocupacional do hospital.

A Terapia Ocupacional é uma especialidade que contribui para o tratamento de traumatismos cranianos, acidentes vasculares cerebrais, artrite reumatoide, esclerose múltipla, Parkinson, Alzheimer e outras enfermidades. O objetivo da terapia ocupacional é habilitar ou reabilitar o indivíduo para desempenhar suas atividades habituais, seja dentro de casa, no trabalho ou no lazer.

 

+ Notícias

16/01/2019 - Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2018 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2018 - Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2018 - Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2018 - Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2018 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2018 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida

08/01/2019 - Workshop reforça Segurança do Paciente com atividades lúdicas e interatividade

08/01/2019 - Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

07/01/2019 - Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

07/01/2019 - Hospital Galileu divulga resultado de aprovados para o curso de Cuidador de Idosos

07/01/2019 - Colaboradores do HU arrecadam roupinhas para bebês durante curso

07/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza formatura de ABC para paciente internado no Centro de Tratamento de Queimados

02/01/2018 - Mãe e bebê prematuro recebem visita familiar para o Natal no Hospital Materno Infantil de Barcarena

02/01/2019 - Programação Natalina leva esperança e solidariedade para pacientes do HRPT

02/01/2019 - Hospital 5 de Outubro realiza programação musical de Natal

02/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza VI Semana SIPAT

28/12/2018 - CEIs participam de avaliação anual e promovem planejamento para 2019

28/12/2018 - Funcionários do HRPT fazem ceia de Natal para pacientes

28/12/2018 - HMIB alerta sobre a Campanha Dezembro Vermelho

27/12/2018 - Caravana Iluminada de Natal encanta crianças no Hospital Oncológico Infantil