Ministro conhece projeto de ampliação do HRBA que passará a fazer cirurgias cardíacas | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Ministro conhece projeto de ampliação do HRBA que passará a fazer cirurgias cardíacas

01/02/2018

Ministro conhece projeto de ampliação do HRBA que passará a fazer cirurgias cardíacas

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, cumpriu agenda em Santarém no final da tarde de quarta-feira, 31/1. Acompanhado do secretário de Estado de Saúde Pública do Pará, Vitor Mateus, do prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, e outras autoridades, ele conheceu os serviços de Oncologia e Hemodiálise do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), e conversou com pacientes. Durante a visita, Vitor Mateus anunciou que o HRBA estava apto para iniciar o programa de cirurgia cardíaca. A assinatura do termo aditivo entre a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e a Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar ocorreu na manhã desta quinta-feira, 1/2.

Durante sua visita à unidade de saúde, Ricardo Barros assistiu à apresentação do Plano Diretor do HRBA, que prevê a ampliação da estrutura física e dos serviços da unidade. O projeto apresentado tem orçamento de R$ 45 milhões. Em números, os leitos sairiam dos atuais 144 de enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para 363. O Pronto-Atendimento saltaria de 11 para 28 leitos e a Hemodiálise aumentaria de 27 máquinas para 72.

“O Hospital Regional pede recursos para ampliação de seus serviços e liberação de algumas habilitações. Visitei a Hemodiálise, é um bom serviço. Temos, evidentemente, necessidade de ampliação de várias áreas de atendimento, mas isso só será decidido depois de definir o financiamento”, explica o ministro.

Um dossiê foi entregue ao ministro com todas as necessidades da unidade e os custos estimados para a expansão. O diretor-geral do HRBA, Hebert Moreschi, explica a importância da vinda de Ricardo Barros para que o projeto possa sair do papel. “O Hospital Regional é responsável por 1,2 milhão de habitantes e já atingiu sua capacidade operacional para dar a estrutura de suporte de alta complexidade para toda a região. Nós entregamos o dossiê ao ministro da Saúde para que possamos dobrar a capacidade de internações do hospital e de assistência a outras especialidades, como ao renal crônico, oncologia e orto-trauma. Nós necessitamos desta estrutura para que o hospital possa absorver ainda mais pacientes”, contextualiza Moreschi.

O ministro esteve em Belém, na quarta-feira, para lançar uma campanha para conter avanço da hanseníase no País. Na ocasião, ele visitou o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, que também é gerenciado pela Pró-Saúde. “Eu visitei o Oncológico Infantil, em Belém, e este aqui, que são administrados pela mesma forma de gestão. São serviços de excelência, com pessoas comprometidas. Prédios e equipamentos não atendem ninguém, quem atende são as pessoas, é o comprometimento dos profissionais, é o envolvimento, a vocação de servir a população, e eu percebi isso nas visitas que realizei aqui”, afirma Ricardo Barros.

O diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará, Paulo Czrnhak, destaca que a humanização é um diferencial no tratamento dos usuários atendidos pelos hospitais geridos pela instituição. “Nossos esforços estão sempre voltados em proporcionar um atendimento seguro e de qualidade aos pacientes, destacando a humanização no ambiente hospitalar. Sem dúvida, isso faz toda a diferença. E o Hospital Regional tem um papel fundamental para a região Oeste do Pará e, por isso, apresentamos ao ministro a necessidade de ampliarmos a nossa estrutura e os nossos serviços', diz. 

Cirurgia cardíaca

O Hospital Regional de Santarém se torna a primeira unidade pública fora da capital do estado a realizar esse tipo de serviço, que beneficiará toda a região Oeste do Pará. “Vamos fazer os procedimentos cirúrgicos de cardiologia, que já estavam programados. A equipe já está preparada, já foi tudo devidamente checado para garantirmos isso. Só estava faltando o aporte de recursos, que nós vamos sinalizar com a publicação e, a partir daí, já vamos começar com os procedimentos”, adianta o secretário Vitor Mateus.

Atendimentos

Em 2017, o Hospital Regional atingiu a marca de 814.591 atendimentos. Moradores de 21 municípios do oeste do Pará foram beneficiados com diferentes serviços de saúde. O número engloba procedimentos cirúrgicos, internações, consultas, exames e atendimentos de urgência e emergência. O total é 12% superior a 2016, quando foram realizados 728.754 atendimentos. No ano passado, a unidade ainda fez 11 transplantes de rins, 12 captações de órgãos e as primeiras cirurgias bariátricas do Oeste do Pará.

 

+ Notícias

21/01/2019 - Saúde: SBIm alerta os participantes da Jornada Mundial de Juventude sobre a importância da vacinação

21/01/2019 - Saúde: Ministério da Saúde brasileiro se preocupa com doença toxi-infecciosa vinda da Venezuela

21/01/2019 - Humanização durante o parto no HU fortalece vínculo entre mãe e bebê

21/01/2019 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência conta com o serviço de Terapia Ocupacional

21/01/2019 - Pró-Saúde lança site do Hospital Materno Infantil de Barcarena com foco na transparência dos serviços oferecidos para a sociedade

18/01/2019 - Pró-Saúde anuncia Semana de Farmácia Hospitalar com meta da Organização Mundial da Saúde

18/01/2019 - O papel do farmacêutico no ambiente hospitalar

17/01/2019 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência realiza a 1ª Semana de Farmácia Hospitalar

17/01/2019 - IEC promove evento sobre cuidados paliativos

16/01/2019 - Saúde: Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2019 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2019 - Saúde: Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2019 - Saúde: Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2019 - Saúde: Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2019 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Saúde - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Saúde: Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2019 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Saúde: Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - Saúde: SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - Saúde: SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida

08/01/2019 - Workshop reforça Segurança do Paciente com atividades lúdicas e interatividade

08/01/2019 - Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

07/01/2019 - Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

07/01/2019 - Hospital Galileu divulga resultado de aprovados para o curso de Cuidador de Idosos

07/01/2019 - Colaboradores do HU arrecadam roupinhas para bebês durante curso