Hospital Regional de Marabá discute papel de colaboradores e usuários na sustentabilidade

Desligar a lâmpada e equipamentos que não estiverem em uso, regular o motor do veículo para que não emita CO² exageradamente e fazer a segregação do lixo produzido em casa são atitudes simples, mas, que, quando se tornam um hábito, podem representar grandes mudanças na sua comunidade. Foi o que afirmou o supervisor de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Logística Norte da mineradora Vale, Paulo Rogério Oliveira, em um bate-papo com colaboradores e usuários do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, durante a programação da campanha ''Consumo consciente de energia: sua atitude faz a diferença!''. 

Realizada nesta quarta-feira, 15/3, a palestra abordou aspectos do desenvolvimento sustentável. Para facilitar o entendimento e a interação com o público, o palestrante utilizou vídeos e casos para a análise de impactos no momento da discussão.

O encanador Jannderys Airton dos Santos considerou esclarecedora a palestra. ''A principal ferramenta para preservar o planeta é a conscientização de todos. Se não for assim, não é possível mudar as coisas. A palestra reforçou isso. A gente não tem noção de que uma atitude positiva impacta de uma forma que nem imaginamos'', comentou o colaborador. 

De acordo com o engenheiro Ambiental, esse debate é indispensável no ambiente hospitalar, haja vista que a natureza da entidade é promover saúde. ''É importante que a instituição deixe um legado para a comunidade, contribuindo ainda mais para a melhoria da qualidade de vida das pessoas da região. Assim, no momento em que uma comunidade tiver consciência sobre hábitos relacionados ao saneamento, por exemplo, irá reduzir o número de crianças com problemas de saúde'', argumentou Paulo Rogério. 

Referência em média e alta complexidades para 22 municípios da região, o Hospital Regional de Marabá realiza outras ações em prol da sustentabilidade, como o uso de gerador de energia no período de maior valor do serviço, das 18h30 às 21h30. Em 2015, a unidade foi certificada pelo Projeto Hospitais Verdes e Saudáveis (PHS), associação sem fins lucrativos, em reconhecimento à adoção de boas práticas relacionadas à redução do consumo de energia e água.

 

Sensibilização

Durante esta semana, além da palestra ministrada pela engenheiro Ambiental, o Hospital Regional de Marabá também promoveu uma blitz educativa nas Unidades de Internação e setores administrativos para orientar sobre desperdício de energia. Na abordagem aos colaboradores, os membros da Comissão de Sustentabilidade, incentivavam às equipes a desligarem o ar condicionado no horário do almoço e dez minutos antes do final do expediente, bem como o computador nos intervalos do trabalho.  

Hospital Regional de Marabá discute papel de colaboradores e usuários na sustentabilidade

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of