Crianças em tratamento no Oncológico Infantil reforçam importância da preservação da água

Fechar a torneira enquanto escova os dentes, diminuir o tempo de um banho, evitar o desperdício e preservar para não faltar. Essas foram algumas das mensagens que as crianças em tratamento no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA), que fazem parte do Programa Classe Hospitalar, deixaram para os colaboradores da unidade, em uma programação alusiva ao Dia Mundial da Água, celebrado nesta quinta-feira, 22/3.

Com o nome de Projeto Água, a iniciativa da equipe de Sustentabilidade do Oncológico Infantil em parceria com os docentes do programa desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), transformou as crianças em professores e os colaboradores em alunos. Eles aprenderam sobre a origem da água, quem são os maiores consumidores, a importância do uso racional para sustentabilidade do meio ambiente e do ser humano.

“Desde o início eles contribuíram com ideias importantes para o projeto. Muitos são do interior e têm uma visão diferente em relação à água. Quisemos mostrar a eles que o importante é a preservação”, explicou Anna Elvira da Silva, uma das professoras da Classe Hospitalar.

 A jovem J.C.M, de 13 anos, faz tratamento no Oncológico Infantil há um ano e quatro meses. Natural de Anapu, no sudoeste do Pará, ela contou as descobertas que teve sobre a água durante o trabalho. “Tudo foi novidade para mim. Agora eu sei de onde a água vem, sei que ela está nas industrias, na alimentação, em todo o lugar e que se não cuidarmos agora, vai faltar”, disse.

Para a diretora-geral do Oncológico Infantil, Alba Muniz, a programação alusiva ao Dia Mundial da Água vai muito além dos desenhos coloridos nas paredes e as mensagens deixadas pelos alunos. “É nessa fase que eles aprendem coisas importantes que vão levar para a vida. Detalhes que lá na frente os transformarão em adultos mais cuidadosos”, destacou a diretora-geral da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of