Brigadistas do Hospital Metropolitano recebem certificação

Pertencer a um grupo que em caso de sinistro pode ser decisivo para o salvamento de pacientes, acompanhantes e colaboradores é o que move o agente de portaria, Rodrigo Ferreira. Integrante da brigada de incêndio do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), o colaborador é um dos 55 brigadistas que receberam, nesta terça-feira (12/6), o certificado do curso de formação de brigadistas em uma cerimônia no auditório da unidade.

Integrante da brigada do HMUE há três anos, o colaborador utilizou o treinamento realizado nos meses de abril e maio para aprimorar seus conhecimentos. A experiência em primeiros socorros veio dos anos em que Rodrigo serviu no Corpo de Bombeiros. “Sempre tive essa vontade no sangue. Foram quatro anos por lá. Um como aluno e outros como monitor de primeiros socorros”, contou. E essa vontade de ajudar vem de longe. Rodrigo é vizinho de um grupamento do Corpo de Bombeiros.

Para ele, participar dos treinamentos da brigada permitem evolução. “Faço parte da brigada desde que entrei na Pró-Saúde. Vejo que desde a entrada até o que temos hoje só evoluímos”, avaliou.

Integrante da brigada há dois anos, a enfermeira Juliana Pantoja entrou para o grupo para ter a possibilidade de ajudar em casos extremos. “Gosto de desafios e de poder ajudar. Não só ficar olhando. Na brigada podemos agir e atuar para ajudar as pessoas”, disse.

Participar do grupo permitiu à enfermeira ter acesso a tarefas práticas que ela nunca imaginou. “A gente já se arrastou na lama, subiu escadas. Vamos até fazer rapel. Isso nos motiva, nos faz superar os desafios”, refletiu. 

Além dos desafios que a atividade de brigadista traz aos integrantes, há o fortalecimento dos laços entre a equipe, conforme contou o coordenador da brigada, o técnico de Segurança do Trabalho, Carlos Henrique da Costa: “É o momento que temos para nos encontrar com colegas que são de outros setores, de outros horários. Durante o curso, nosso entrosamento vai aumentando, aprendemos as características de cada um”.

Os certificados foram entregues pela diretoria da unidade gerenciada pela Pró-Saúde sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O diretor-geral da unidade, Itamar Monteiro, destacou a atuação da brigada na simulação de incêndio realizada no HMUE no mês de abril, coordenada pelo médico José Guataçara. “Vejo vocês como anjos da guarda. São imprescindíveis para o nosso trabalho”, afirmou.

A diretora assistencial, Ivanete Prestes Roberti, acrescentou que o desempenho da equipe durante a simulação a fez crer que está em um hospital seguro. “A simulação pareceu muito real. Se eu não soubesse que não era de verdade, teria acreditado que era um sinistro. Me sinto segura aqui”, finalizou.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of