Home » Você sabe identificar os sinais de uma parada cardiorrespiratória?
cardiovasculares

Você sabe identificar os sinais de uma parada cardiorrespiratória?

Cerca de 300 mil pessoas morrem por ano de doenças cardiovasculares no país

Se alguém estivesse tendo uma parada cardiorrespiratória na sua frente você saberia o que fazer?

A parada cardiorrespiratória é a interrupção da atividade do coração e da atividade respiratória. Com isso, os sinais de circulação também param e quando isso acontece pode levar à morte, por isso, é fundamental garantir rapidamente a retomada da circulação e oxigenação.

De acordo com o DATASUS, departamento de informática do Sistema Único de Saúde, no Brasil cerca de 300 mil pessoas morrem por ano de doenças cardiovasculares e, dentro deste número, a estimativa é que ocorram 250 mil mortes súbitas por ano.

Os sinais da parada cardiorrespiratórias são:

> Ausência de pulso;
> Ausência de movimentos respiratórios;
> Inconsciência do paciente;
> Cianose, que é a coloração azul-arroxeada de pele e mucosas.

Assim que uma pessoa for constatada com parada cardiorrespiratória, é preciso chamar urgentemente uma assistência médica para que sejam iniciadas as manobras de reanimação ou ressuscitação cardiovascular (RCP), o mais rápido possível.

Essa manobra tem o objetivo de levar oxigenação para o coração e pulmões o mais rápido possível, garantindo a oxigenação do organismo e, assim, evitando lesões em tecidos e órgãos. Para que seja eficaz, ela deve ser realizada com uma frequência de 100 a 120 compressões por minuto.

A reanimação deve ser feita sempre por um profissional, mas a população em geral também deve ser orientada para que saiba agir de forma eficaz na identificação e no atendimento de casos de parada cardiorrespiratória. Por isso, é importante seguir alguns passos:

> Chame ajuda médica, ligando no 192;
> Deitar a vítima no chão, com a barriga para cima;
> Levantar ligeiramente o queixo do indivíduo para cima, para facilitar a respiração;
> Apoiar as mãos, uma sobre a outra no peito da vítima, entre os mamilos, em cima do coração;
> Fazer 2 compressões por segundo até que o coração da vítima volte a bater sozinho, ou até a chegada da ambulância.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde