Amamentação cruzada pode? 7 Mitos e verdades sobre amamentação

Amamentar contribui para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional do bebê, no entanto, mesmo com comprovação dos benefícios do leite materno e do aleitamento para mãe e bebê, existem alguns mitos que envolvem esse período.

“Informações equivocadas podem ser empecilhos para que as mães amamentam e doem o leite”, explica Joice Vaz, diretora assistencial do Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (PA).

Confira abaixo os principais mitos e verdades sobre o leite materno:

– Mães podem produzir leite fraco?

É mito. O leite materno é rico em nutrientes e auxilia na digestão do bebê. Exatamente por isso a criança sente fome mais rápido. Toda mãe produz o leite essencial para a necessidade do seu filho.

– Devido a rachaduras na mama é preciso deixar de amamentar?

Outro mito. Caso tenha rachaduras na mama, é necessário que a mãe procure um médico. Deixar de amamentar não é recomendado, pois existe um risco grande de empedrar o leite. O HMIB orienta as mães com técnicas de correção da pega do bebê.

– A criança tem hora para mamar?

É mito. Amamente sempre quando o bebê sentir vontade e na quantidade que o bebê quiser. A equipe do HMIB orienta à mãe quanto aos gestos que indicam que o bebê está com fome, como encostar o nariz no peito, fazer movimentos em busca do mamilo, colocar as mãos na boca e chorar, por exemplo.

– Doar leite humano interfere no aleitamento materno?

De jeito nenhum! A doação não interfere na amamentação do bebê ou na produção do leite. Quanto mais a mãe estimular o peito, fazendo retirada de leite humano por técnica de ordenha para doação, mais ela produzirá.

– A alimentação da mãe interfere na amamentação?

Verdade! O recomendado é que a mãe tenha uma alimentação saudável e equilibrada e consulte um nutricionista. Recomenda-se não ingerir bebida alcoólica, se alimentar em excesso e comer alimentos muito gordurosos. O consumo de água é importante, o ideal é uma quantidade maior que 2 litros por dia.

– O leite materno doado ao Banco de Leite é seguro?

Com certeza. O leite materno doado é coletado, tratado, pasteurizado no Banco de Leite Humano. Não há possibilidade de transmissão de doenças. O alimento pode ser congelado por até 15 dias, sem a perda de suas características e qualidade nutricional, para em seguida ser distribuído aos bebês que não podem amamentar.

– Amamentação cruzada pode?

A primeira opção para a mulher que está com dificuldades de amamentar é buscar apoio junto a um profissional de saúde. Não é recomendada a amamentação cruzada, quando o bebê mama em outra mãe, devido a transmissão de doenças infecto-contagiosas.

Assista ao vídeo e confira mais orientações:

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts

Ampliar fonte
Contraste