Home » Saúde: Prevenção contra a bactéria que pode levar à cegueira

Saúde: Prevenção contra a bactéria que pode levar à cegueira

Cidade do Vaticano (RV) – As crianças são as principais vítimas da bactéria que provoca o tracoma, uma infecção dos olhos que, se não diagnosticada e tratada, pode levar à cegueira. Em 2013, mais de 18 mil casos de tracoma foram registrados no Brasil. A coordenadora do programa de hanseníase e doenças de eliminação do Ministério da Saúde, Rosa Castália, explica como a doença é transmitida.

“Tracoma é uma doença causada por uma bactéria que é transmitida, na maioria das vezes, de pessoa por pessoa, mas também pode ser transmitida através de objetos contaminados, água contaminada, através de moscas também. Ela acomete os olhos e o aspecto do olho fica avermelhado, a pessoa começa a ter ardência no olho, começa a ter uma secreção amarelada e fotofobia, a pessoa não aguenta ficar olhando muito tempo, por exemplo, para o sol, para a claridade intensa. Essa doença vai fazendo cicatrizes no olho, cicatrizes nas pálpebras e se ela não for tratada adequadamente pode levar à cegueira”.

Para evitar a transmissão da doença basta prestar atenção a algumas precauções básicas que, todavia, são a melhor forma de se evitar o contágio, adverte a coordenadora.

“A higiene facial também é muito, lavar o rosto com água, sabão, lavar as mãos, usar toalhas limpas, ter as unhas limpas e aparadas para que não fique secreção nas unhas, que depois você passa no rosto. E não acumular lixo próximo de casa que possa juntar moscas. Essas são as principais recomendações. É muito simples e eficaz. A gente tem que também tomar essas medidas de prevenção para não ter infecções recorrentes, para as pessoas não ficarem se infectando sempre”.

Uma vez diagnosticado, o tracoma pode ser tratado de forma gratuita nos postos de saúde. As consultas médicas devem acontecer a cada seis meses até ser determinada a cura definitiva da doença. O principal objetivo desse acompanhamento é evitar as recidivas da infecção que podem levar à cegueira. 

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde